//Vinhos portugueses ‘em força’ no Brasil

Vinhos portugueses ‘em força’ no Brasil

Viniportugal faz parceria com associação que representa 96 mil pontos de venda no Brasil.

Com um investimento de 500 mil euros, o evento denominado ‘Festival Vinhos de Portugal’, a decorrer entre 23 de outubro e 01 de novembro, vai promover os vinhos nacionais com um conjunto de ações que incluem banners em meios de comunicação online, formação antecipada para os vendedores das lojas aderentes (online), degustações e campanhas com preços especiais nas lojas, para além de muitos milhares de garrafas que colocarão em destaque, através de gargantilhas, o nome de Portugal.

Trata-se de “uma forma de reagir às dificuldades que o setor está a viver devido à pandemia” refere Frederico Falcão acrescentando que “se os produtores e as CVRs não podem viajar para promover os seus vinhos como faziam com alguma regularidade, somos nós que, encontrando parcerias, vamos procurar reagir e abrir novos caminhos”, esclarece o presidente da Viniportugal.

Através da parceria com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) os vinhos portugueses de mais de 150 produtores que manifestaram interesse em participar estarão disponíveis nos supermercados aderentes entre os 96 mil espalhada por todo o território brasileiro, com especial destaque para os pontos de venda localizados em São Paulo e Rio de Janeiro.
É nestas duas grandes metrópoles que o jornal Público promove há já seis anos o ’Vinhos de Portugal no Rio e em São Paulo’, em parceria com a ViniPortugal e que, no âmbito desta iniciativa, serão este ano realizadas online, no fim-de-semana de 23 de outubro. Para ‘ultrapassar’ a ausência física dos promotores, serão apresentados vídeos de adegas portuguesas.

Em 2015, o Brasil ocupava o nono lugar entre os países que importavam vinhos de Portugal, de acordo com a brasileira ‘Ideal Consultoria’, mas desde 2018 o Brasil passou a ocupar a quarta posição, representando cerca de 6% do total de vinhos exportados por Portugal.
De acordo com Sónia Vieira, diretora de marketing da ViniPortugal “Brasil, Estados Unidos, China e Canadá que em conjunto recebem 60% da nossa verba de promoção” são os mercados prioritários para o vinho de Portugal.

Até ao passado mês de março, quando se iniciou a pandemia, Portugal era o país que mais promovia degustações no Brasil, sendo objetivo da Viniportugal “ampliar a presença dos vinhos portugueses, mas crescer também em valor”, afirma Sónia Vieira.