//Vinhos dos Açores vão ter ‘app’

Vinhos dos Açores vão ter ‘app’

“Reforçar os mecanismos de controlo e fiscalização da autenticidade dos vinhos dos Açores” é o objetivo.

O lançamento, para breve, de uma aplicação para smartphones com o objetivo de “reforçar os mecanismos de controlo e fiscalização da autenticidade dos vinhos dos Açores” foi anunciado pelo secretário regional da Agricultura e Florestas do arquipélago que anunciou igualmente a edição de um guia bilingue a distribuir nas unidades de restauração.

João Ponte acrescentou que “a ‘app’ para smartphones’ permitirá garantir aos consumidores a autenticidade dos vinhos dos Açores”, região que conta atualmente com 37 vinhos certificados, 14 produtores, três castas nobres e três regiões demarcadas: Biscoitos (na ilha Terceira), Graciosa e Pico.

Alguns dias antes destas declarações do governante, o ex-presidente da Comissão Vitivinícola Regional dos Açores (CVR/Açores), disse à Lusa haver agentes no mercado que estão a aproveitar a “boa imagem” dos vinhos brancos e tintos do arquipélago para promoverem uma “concorrência desleal”.
Paulo Machado afirmou ainda que “houve um momento de fiscalização apertada”, que “produziu efeitos”, mas a partir daí “continuou a registar-se algumas falhas, principalmente através das cartas de vinhos em restaurantes em que não estão devidamente separadas as categorias de vinho, induzindo em erro os consumidores”, sublinhou.

CVR Açores

A Comissão Vitivinícola Regional dos Açores foi constituída como associação em 22 de Agosto de 1995, tendo os seus
estatutos publicados em Jornal Oficial (III Série -N.º 18 – 29/9/1995).

A CVR Açores tem sede em Madalena, ilha do Pico e como objeto garantir a genuinidade e a qualidade dos vinhos, o fomento e o controle dos vinhos, a definição do seu processo produtivo e a promoção e defesa interna e externa dos vinhos certificados.