//Vinhos com selo de produção sustentável

Vinhos com selo de produção sustentável

Garrafas de vinho com selo de produção sustentável, “uma certificação inédita em Portugal”.

Já é possível encontrar no mercado garrafas de vinho ostentando o selo de produção sustentável, uma certificação inédita em Portugal, afirma Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), responsável por esta distinção reconhecida aos produtores da região que cumpram com os 171 requisitos estabelecidos pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA).
O selo de produção sustentável pode, por agora, ser encontrado em garrafas de vinho da Herdade dos Grous e da Herdade de Coelheiros que passam a disponibilizar, aos portugueses e outros mercados estratégicos, garrafas com os rótulos atualizados com a nova certificação.

Esta distinção vai possibilitar que o consumidor possa identificar os produtores alentejanos que cumprem com boas práticas de poupança de recursos, que promovam a biodiversidade, que utilizem energias renováveis, protejam dos solos ou fomentem iniciativas que envolvem toda a comunidade na adoção de comportamentos sustentáveis. A certificação é uma garantia transversal de que o Alentejo repensa os procedimentos implementados nos campos e adegas, procurando promover e implementar novas práticas ambientalmente, socialmente e economicamente mais sustentáveis.

“Este é um passo histórico para o setor vitivinícola português, que ilustra uma acentuada mudança no modo de pensar a produção sustentável em Portugal. A partir de agora, os consumidores poderão facilmente identificar os produtores alentejanos que, ao longo dos últimos anos, trilharam um caminho que permitiu alterar práticas, continuando a disponibilizar vinhos de excelência e respeitando, sempre, o ecossistema”, garante Francisco Mateus, presidente da CVRA.

 

Esta certificação é atribuída por quatro organismos certificadores distintos, designadamente a Bureau Veritas, Certis, Kiwa Sativa e SGS e que ainda este ano se estima que mais produtores adquiram este reconhecimento.

O PSVA, iniciativa pioneira no âmbito da qual foi criada a certificação de produção sustentável, conta já com 448 membros associados, que representam mais de 42% da área de vinha do Alentejo, e são responsáveis pela produção de mais de 76 milhões de litros de vinho de Denominação de Origem (DO) e Indicação Geográfica (IG).