//Vinho representa 88% da indústria de bebidas

Vinho representa 88% da indústria de bebidas

Em 2015 o vinho representava 52% do volume de negócios e registava 64% do número de pessoas ao serviço na indústria de bebidas.

Os dados, do Banco de Portugal (BdP), revelam ainda que em 2015 a indústria de bebidas contava, em Portugal, com quase mil empresas das quais, a maioria, eram microempresas.

Na 27.ª edição do documento «Estudos da Central de Balanços» editado pelo BdP, referente à indústria de bebidas fica a saber-se que este setor representa 0,3% do total de empresas em Portugal, 1% do volume de negócios e 0,5% do número de trabalhadores. A cerveja representa 25% do volume de negócios enquanto os refrigerantes e as águas respondem por 23%. No que respeita ao número de pessoas ao serviço, a cerveja ocupa 14% e refrigerantes/águas, 21%.

Na indústria das bebidas 75% são microempresas, mas as grandes empresas registam 50% do volume de negócios que, em termos gerais, aumentou 2% em 2015.

O vinho contribuiu positivamente com 3% no volume de negócios do setor, mas a cerveja e os refrigerantes/águas contribuíram negativamente, com uma perda de 1%.