//Vinho de 5 mil euros servido por engano

Vinho de 5 mil euros servido por engano

O cliente pediu um vinho que custava cerca de 300 euros mas, por engano, serviram-lhe um de 5.100 euros.

Aconteceu no Reino Unido, em Manchester, no restaurante de luxo da cadeia Hawksmoor, quando um cliente pediu uma garrafa Chateau Pichon Longueville Comtesse de Lalande 2001, que custava cerca de 300 euros. O empregado agarrou na garrafa errada e serviu um Chateau le Pin Pomerol 2001, que está na carta de vinhos ao preço de 5.100 euros.

De acordo com o jornal ‘Guardian’ a gerência admite que foi um “erro único” e num tweet publicado na conta Hawksmoor Manchester pode ler-se: “Para o cliente que acidentalmente bebeu uma garrafa de Chateau le Pin Pomerol 2001, que custa 5.100 euros no nosso menu, na noite passada – esperemos que tenha gostado do seu serão!”.

Ou seja, o cliente não soube da troca enquanto estava no restaurante porque, de acordo com a explicação de um porta-voz do restaurante: “a noite em questão foi muito movimentada e o funcionário agarrou na garrafa errada, confundindo-a com outro Bordeaux da mesma colheita. O vinho foi servido ao cliente sem que este se tivesse apercebido”.

Algum tempo depois, um membro do staff disse: “oh, alguém está a beber um vinho impressionante no bar” e foi quando perceberam. Quando o cliente pediu uma segunda garrafa o gerente, com muito tato, sugeriu que pedissem outra, sem que se percebesse o que tinha acontecido”, conta Will Beckett, co-fundador da Hawksmoor. Beckett adianta ainda que a gerência achou que “seria mais divertido para o cliente perceber que não tinham de pagar pela garrafa” através do Twitter.

O vinho servido faz parte da secção de “raridades” da carta de vinhos do restaurante.