//Vinha com IGP em Pampilhosa da Serra
pampilhosa da serra

Vinha com IGP em Pampilhosa da Serra

O Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) autorizou a plantação de 30 hectares de vinha com Indicação Geográfica Protegida no município de Pampilhosa da Serra, junto à aldeia de Trinhão.

No seguimento dos trabalhos preparatórios para a transformação da paisagem na AIGP (Área Integrada de Gestão da Paisagem) da Travessa, a autarquia de Pampilhosa da Serra submeteu, a 13 de abril deste ano, uma candidatura junto do Instituto da Vinha e do Vinho, à linha das Novas Autorizações de Plantação de Vinha”, adiantou o município.

A área inicial de nova vinha terá um total de 30 hectares com Indicação Geográfica Protegida Beira Atlântico sob a tutela da Comissão Vitivinícola Regional da Bairrada.

Rui Simão, vereador da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, afirmou que a atribuição da área máxima para o ano 2022, limitada a 30 hectares, “premeia todo o trabalho realizado pelo município, pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e pela Comissão Vitivinícola Regional da Bairrada, parceiros desde o primeiro momento com contributos em várias áreas, designadamente através de estudos e pareceres que robusteceram a qualidade e o crédito do projeto”.

A plantação de vinha no município é também “um novo marco no caminho da transformação da paisagem na AIGP da Travessa”, acrescenta o autarca. As Áreas Integradas de Gestão da Paisagem (AIGP) visam uma abordagem territorial integrada para dar resposta à necessidade de ordenamento e gestão da paisagem e de aumento de área florestal gerida a uma escala que promova a resiliência aos incêndios, a valorização do capital natural e a promoção da economia rural.

 

Fonte: Lusa