//Valongo aderiu à AMPV

Valongo aderiu à AMPV

Município produtor de vinhos verdes já integra a Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

A Assembleia Intermunicipal da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) aprovou, no passado dia 9 de junho, a adesão do município de Valongo a esta associação que já representa cerca de uma centena de territórios concelhios produtores de vinho. Foram igualmente aprovadas as datas para as candidaturas a Cidade Europeia do Vinho 2023 — cujo título será entregue neste ano a uma cidade portuguesa — e para as candidaturas à organização do II Concurso Cidades do Vinho, a realizar de 6 a 8 de maio de 2022.

Valongo produz vinhos verdes
A importância económica da produção de vinho verde no concelho de Valongo, levou a que o município fosse admitido na Confraria do Vinho Verde como Confrade Protetor (com o título de Mecenas), em 2015, e a que tomasse agora a decisão de fazer parte desta rede de trabalho da AMPV, constituída por mais de 90 municípios associados.

É na vila de Sobrado, concelho de Valongo, a dois passos do Porto, que começa a Região Demarcada dos Vinhos Verdes. A proximidade do Porto, a predominância do xisto e as serras que protegem dos ventos atlânticos, fazem de Sobrado uma zona excecional para a produção de vinhos verdes. Neste território predominam as castas Loureiro, Arinto, Trajadura, Alvarinho, Verdejo, Espadeiro, Vinhão e Rosés.

Dos sabores da mesa mais apreciados, destaque para a regueifa, considerada uma iguaria no mundo do pão, e a Sopa Seca, outra iguaria bastante apreciada pelos valonguenses e visitantes.
A serra de Santa Justa e Pias marcam a paisagem, assim como o rio Ferreira, que viabilizou o sistema de regadio dos campos de milho e o movimento de centenas de mós, desenvolvendo a indústria da panificação e do biscoito. Para melhor descobrir o concelho, sugerem-se vários roteiros: Roteiro de Arquitetura Religiosa, Roteiro ‘Do Grão ao Pão’, Rota da Oficina da Regueifa e do Biscoito – Do Grão ao Pão e Roteiro da Lousa.

Fotos de vinhas: Quinta das Arcas