//Uma noite e 10€ em restaurantes

Uma noite e 10€ em restaurantes

Guarda oferece aos turistas segunda noite de alojamento e 10 euros de desconto em refeições.

O município da Guarda vai pagar a segunda noite aos turistas que visitem o território a partir de 1 de julho e atribuir 10 euros de desconto em refeições nos restaurantes locais. Trata-se da campanha ‘1056 Noites Altas’, que tem como objetivo apoiar as unidades de hotelaria e de restauração do concelho, e ajudar os empresários na retoma da iniciativa turística.

“É mais um projeto que o município desenvolve para defender a economia local, também o seu poder de atração de turistas e, com isso, apoiar os equipamentos hoteleiros, os hotéis da Guarda. Assim, no sentido de promover aqueles que procuram a Guarda e que dormem cá uma noite, nós damos uma segunda noite para continuarem a ficar no território”, disse o presidente da Câmara à agência Lusa.

Segundo o responsável, a este apoio acresce a atribuição de um voucher de 10 euros, para que os mesmos turistas o descontem em refeições realizadas localmente.


Apesar de o setor do turismo na região ter registado uma maior procura por turistas nacionais durante a pandemia causada por covid-19, o autarca da Guarda pretende que, nos próximos meses, os visitantes permaneçam mais tempo no território e ajudem a economia local. “E, por isso, esse reforço de uma noite [oferecida a todos os turistas que efetuem uma reserva num alojamento], mais um voucher da refeição de 10 euros. Penso que estão reunidos os ingredientes necessários para [o município da Guarda] poder continuar a apoiar o setor turístico, equipamentos hoteleiros e restauração e, com isso, aumentar o poder de atração de turistas, de famílias, ao nosso território”, declarou.

A campanha ‘1056 Noites Altas’ irá decorrer entre os dias 1 de julho de 2021 e 31 de março de 2022, sendo que as medidas serão renovadas de três em três meses, segundo o presidente da autarquia. O primeiro período da campanha decorrerá entre 1 de julho e 30 de setembro.
Ainda de acordo com o autarca, a Câmara Municipal da Guarda vai disponibilizar uma verba de cerca de 62 mil euros para a iniciativa, sendo que 50 mil euros são destinados às unidades hoteleiras e de alojamento existentes no território e cerca de 12 mil euros para os restaurantes aderentes.