//Rio Maior – Pão-de-Ló

Rio Maior – Pão-de-Ló

Um pouco de história, harmonização, homenagem e também a receita.

O Pão-de-Ló de Rio Maior tem como característica principal o facto de ser baixo e húmido no interior, porque a sua criadora, Alice Sequeira, optou por usar uma temperatura do forno e um tempo de cozedura diferentes do habitual.
Deve ser comido após algumas horas, pois o bolo vai abatendo, formando as rugas, e a espuma de ovos vai dando origem a uma calda deliciosa.
É um bolo de sobremesa, sendo consumido em maior quantidade no Carnaval e na Páscoa.

Um pouco de história
O Pão-de-Ló de Rio Maior começou a ser produzido pela Sr.ª D.ª Maria Alice Sequeira nos finais dos anos 60, que iniciou a sua atividade pelo Pão-de-Ló caseiro de Alfeizerão e foi depois modificando a receita até conseguir a fórmula própria do Pão-de-Ló de Rio Maior atual. Vendeu depois a patente aos Srs. Joaquim Costa Nazaré e Joaquim Luís Vicente da Silva, tendo este posteriormente vendido a sua parte ao primeiro. O bolo começou a ser apreciado e foram os próprios consumidores a divulgar o produto aos amigos e conhecidos. O seu consumo estende-se aos concelhos de Rio Maior, Pombal, Lisboa, etc. Hoje, o Pão-de-Ló de Rio Maior tem participação na Feira das Tasquinhas de Rio Maior, Feira Nacional de Agricultura de Santarém e feiras gastronómicas em diversos locais do País, como Porto, Vila do Conde e Barcelos. É ainda referenciado como fazendo parte da gastronomia local em roteiros turísticos das Regiões de Turismo do Oeste e no Guião de Fornecedores da Indústria Hoteleira e similares.

 

Harmonização
Harmonização de Pão-de-Ló de Rio Maior com vinho branco Badula Colheita Selecionada 2019
Uma feliz combinação!
Proveniente das castas Arinto e Alvarinho, o vinho apresenta cor citrina, aromas de frutos de caroço com algumas notas meladas e ligeira tosta. Na boca revela um excelente equilíbrio com acidez bem integrada e bom volume a conferir um final harmonioso e persistente.

‘Memória de Sabores’ – Homenagem
Assinalamos o 20º aniversário da elevação da Gastronomia Portuguesa a ‘bem imaterial do património cultural de Portugal, com uma homenagem a Sr.ª D.ª Maria Alice Sequeira, criadora do Pão-de-Ló de Rio Maior.

(Conteúdos produzidos por este município para ‘Harmonizações, histórias e Memórias’, aquando da comemoração dos ‘20 Anos da Gastronomia Património Cultural’, em julho 2020, promovida pela secção de gastronomia da AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho)

RECEITA DO PÃO-DE-LÓ DE RIO MAIOR

https://jornalsabores.com/pao-lo-rio-maior/