//Receitas de bordo dos bacalhoeiros
receitas dos bacalhoeiros de ilhavo

Receitas de bordo dos bacalhoeiros

Livro que recria receitas de bordo dos bacalhoeiros da Faina Maior, estará disponível em segunda edição.

Lançado há um ano, nas celebrações do Dia Nacional do Mar, no Museu Marítimo de Ílhavo, e esgotado desde agosto passado, o Livro ‘Chora e Feijão Assado: A Gastronomia de Bordo na Pesca do Bacalhau’, estará disponível, agora em segunda edição.

livro de receitas dos bacalhoeiros

‘A Nossa Mesa’, trilogia gastronómica das gentes de terra, do mar e da laguna do Município de Ílhavo foi lançada no Festival Gastronomia de Bordo 2021. Esta publicação da Câmara Municipal de Ílhavo com o Museu Marítimo de Ílhavo, revelou-se um sucesso de vendas, com uma procura persistente, pelo que a câmara decidiu investir numa 2.ª edição de 500 exemplares. O conteúdo mantém-se, começando com uma investigação de Pedro Miguel Silva, que apresenta uma retrospetiva histórica da gastronomia dos navios de pesca do bacalhau, traçando a vida alimentar a bordo.

A segunda parte do livro consiste num conjunto de 18 receitas de gastronomia de bordo, com curadoria gastronómica da chef Patrícia Borges, que trabalhou as receitas a partir de fontes escritas e sobretudo orais, com as memórias e registos pessoais de três antigos cozinheiros: Manuel Sousa, José Pascoal e José Ribeiro. Estas receitas podem ser confecionadas em qualquer cozinha, oferecendo sempre notas de sugestão e de recriação, mas respeitando sempre a essência memorial do património gastronómico da comunidade do mar. O livro encontra-se à venda no Museu Marítimo de Ílhavo, nos Postos de Turismo de Ílhavo e da Costa Nova e na Loja Online do Município. Tem um custo de 18 euros.

Projeto de comunidade “A Nossa Mesa: Gastronomia do Município de Ílhavo”

A coleção de livros ‘A Nossa Mesa’ representa o legado gastronómico do Município de Ílhavo e tem já dois livros editados: “Chora e Feijão Assado – A Gastronomia de Bordo na Pesca do Bacalhau”, já na 2.ª edição e “Samos, Caras e Línguas – A Gastronomia do Festival do Bacalhau”, lançado em agosto passado.

Após a estreia dos dois primeiros números desta trilogia, são agora lançadas as bases para a publicação do número três, que será dedicado ao legado gastronómico do território e das suas gentes. Esta terceira publicação exige um extenso trabalho de pesquisa, através de um processo que envolve ativamente a comunidade das quatro freguesias do Município de Ílhavo, bem como todos aqueles que estão envolvidos na grande diáspora ilhavense, igualmente guardiões e potenciadores das tradições locais: os que vivem no continente e ilhas, emigrantes, e todos aqueles que adotaram Ílhavo como sua terra, estão, também, convidados a participar.

Juntamente com as associações de folclore do município foram identificadas 66 receitas entre sopas, caldos, carnes, peixes, doces, panificação, entradas/petiscos e bebidas. A comunidade é convidada a registar, fundamentar e apoiar a historiografia das receitas do município, a partir da lista pré-identificada, ou a apresentar outras não identificadas.

Será possível fazê-lo online, através do portal criado para o efeito www.gastronomia.cm-ilhavo.pt.

Depois da recolha, a coordenação editorial reunirá com a coordenação gastronómica e os representantes da comunidade para uma triagem e composição do livro, que inclui ainda um estudo de investigação.