//Reabriu Museu do Vinho de Alcobaça

Reabriu Museu do Vinho de Alcobaça

Com entradas grátis até 30 de agosto, tem horário reduzido e limite de visitantes.

Esta paragem forçada devido aos condicionalismos impostos pela pandemia, foi aproveitada para alguns melhoramentos no imóvel mas também na apresentação e manutenção das peças em exposição.

Considerado o maior e mais completo do género em Portugal, o Museu do Vinho de Alcobaça conta com um acervo de mais de 10.000 peças móveis, de tipologias tão diversas como enologia, etnologia, tecnologia tradicional, arqueologia industrial e artes gráficas, plásticas e decorativas.

Reaberto agora ao público, o Museu do Vinho terá agora quatro visitas diárias, de terça-feira a sábado às 10h, 12h, 15h e 17h e sempre guiadas, com o limite máximo de duração de 30 a 40 minutos e o uso obrigatório de máscaras.

Já as provas de vinhos, habitualmente associadas às visitas, vão manter-se suspensas, mas a cidade tem locais onde adquirir vinhos da região, para além da possibilidade de os consumir à refeição.

E a propósito de refeição, é claro que na sua visita a Alcobaça não vai perder a oportunidade de saborear a gastronomia alcobacence, de que se destaca, como tradicional, o porco malhado e o frango na púcara, mas também as maçãs e o licor de ginja, entre outras propostas como a irresistível doçaria conventual.
E a propósito de convento, saiba que está já também reaberto o Mosteiro de Cós, também com um horário mais reduzido e com um limite de seis pessoas por visita. O mosteiro manterá as entradas gratuitas mas, “por razões de segurança, o circuito da visita é condicionado” e a duração não excederá os 40 minutos.

A par destas regras, as visitas aos dois espaços obedecem ainda às normas gerais definidas pelas autoridades de saúde, sendo obrigatório o uso de máscara e o respeito de uma distância mínima de dois metros entre visitantes.