//Beber champanhe no sapato

Beber champanhe no sapato

Chamam-lhe um ritual fetichista e parece que terá começado no século XVII, no reinado de Luis XIV.

Por vezes ficamos surpreendidos com certas ‘excentricidades’ relacionadas com o mundo do vinho. Mas na verdade há muito tempo que o vinho leva a comportamentos no mínimo…estranhos.

Certamente já viu nalgum filme ou foto, um homem a beber champanhe através do sapato de uma mulher. E lá no fundo, surgiu a dúvida quanto às alterações que a bebida sofreu, em função do ‘estado de higiene’ do pé da dona do sapato.
Chamam-lhe um ritual fetichista e parece que terá começado no século XVII, no reinado de Luis XIV quando os homens da corte do ‘Rei Sol’ demonstravam a admiração que tinham por uma mulher, usando o sapato desta como taça para beber champanhe.

Conta-se também que no início do séc. XX, em Inglaterra, os jovens da corte de Eduardo VII bebiam champanhe nas sapatilhas das bailarinas suas amantes.

São muitos os relatos deste tipo de ‘degustação’ vínica ao longo dos últimos séculos, mas em 2010, também o realizador Quentin Tarantino, num jantar realizado num hotel em Nova Iorque, concretizou o fetiche, que confessou ter há muito tempo, de beber champagne no sapato da atriz Uma Thurman, que foi protagonista de filmes de Tarantino, como Pulp Fiction.

Mas agora a curiosa demonstração de admiração já pode ser realizada por qualquer pessoa sem o problema de tentar adivinhar o grau de higiene do recipiente. É que uma prestigiada empresa francesa produtora de champanhe, a Piper-Heidsieck, juntou-se ao famoso designer de calçado Christian Louboutin e lançaram um sapato de salto alto feito de cristal, para servir de taça aos champanhes da marca.

Bem, na verdade, ao contrário do que se escreve acima, a proposta não estará ao alcance de ‘qualquer pessoa’ pois o preço deverá obrigar muitos a continuar a beber por uma flute. Ou talvez não, já que os especialistas aconselham agora um copo de formato ‘normal’ para vinho, já que na verdade se trata de vinho e como tal, precisa de deixar ‘passar’ os aromas.

A foto da garrafa com o famoso sapato despertou-lhe a curiosidade? Abra os cordôes à bolsa e avnace. Ou então, procure um espumante dos nossos, que os temos muito bons, compre uns sapatinhos para a sua amada, beba e tente depois ‘recuperar’ os sapatos com uma boa «lavagem», com água evidentemente.