//Projeto Matéria

Projeto Matéria

“Finalmente… ao fim de dois anos de dificuldades, contratempos, de muitas viagens (algumas em vão) e de muita espera… estamos online.”

O www.projectomateria.pt é agora uma realidade e, dizem os seus promotores, “ vem numa altura em que esta temática nunca fez tanto sentido”.

É que, acrescentam, “temos de olhar cada vez mais para dentro, consumir o que é nacional e ajudar quem mantém o nosso País a funcionar”.

E continua João Rodrigues, o fundador: “É hora de ajudar pequenos produtores, pequenos comerciantes, pessoas com práticas de produção éticas e ecológicas, pessoas apaixonadas pelo que fazem, pessoas que nos alimentam todos os dias em tempos tão incertos e difíceis como os que vivemos.

Este é um projeto sem fins lucrativos, para os que o quiserem usar e gostávamos muito que todos o ajudassem a construir. Ainda há muito por fazer, muito País para descobrir e muitas histórias para contar.

Muito obrigado a todos os que nos ajudaram a tornar este site uma realidade… agora é hora de arregaçar mangas e continuar a aumentar esta família. Juntos seremos mais fortes.”

Apresentação

Sobre o projeto

O Matéria é um projeto sem fins lucrativos, desenvolvido pelo chefe João Rodrigues, que pretende promover os produtores nacionais com boas práticas agrícolas e produção animal em respeito pela natureza e meio ambiente, enquanto elementos fundamentais da cultura portuguesa.

Como?

Fazendo o mapeamento dos produtores nacionais – o que produzem e onde estão;
Contando a história destas pessoas; Dinamizando e participando em iniciativas que ajudem a reforçar esta rede de contactos entre produtores, chefes e comunidade; Dinamizando e participando em iniciativas educacionais com crianças que promovam o aumento de conhecimento sobre alimentação e a origem dos alimentos; Promovendo os produtores em ligação à gastronomia e enquanto elementos fundamentais da cultura portuguesa.

O Projeto Matéria está aberto a todos os que queiram participar e ajudar a construir este mapeamento, contribuindo assim para a sustentabilidade do trabalho dos produtores, para um aumento do consumo de produto nacional e mais consciente. E é financiado pelo Turismo de Portugal, conta desde o início com a Icel e o Grupo Altis Hotels como parceiros no desenvolvimento, e com o apoio institucional da Comissão Nacional da Unesco.