//Produtos (genuínos) regionais em Lisboa
Feira D'Ávila

Produtos (genuínos) regionais em Lisboa

‘SmartFarmer’ leva o mundo rural à ‘Feira D’Ávila’ na Avenida Duque de Ávila, em Lisboa.

Nos dias 16 e 17 de setembro (quinta e sexta) Cherovias, Ervas Aromáticas, Chás, Doces, Mel e Azeite, entre outros produtos, vão estar na Feira semanal que se realiza na Avenida Duque de Ávila, em Lisboa, às quintas e sextas-feiras entre as 9 e as 19 horas, com bancas que apresentam produtos gastronómicos, antiguidades, artesanato, moda vintage, acessórios e artwork, entre outros.

O SmartFarmer, que tem como principal missão apoiar pequenos e médios produtores agroalimentares, alavancando as suas vendas através de uma plataforma online e criando relações de proximidade e transparência entre estes e os consumidores, conta atualmente com mais de duas centenas de parceiros, de que são exemplo os que vão estar representados agora nesta feira.

Visitar a banca do SmartFarmer é ficar a conhecer melhor este negócio social, mas também descobrir o resultado do trabalho de produtores e projetos diversificados, que respeitam a terra e a tradição, como a Cherosabor, Ervas da Zoé, Gorreana, Mestre Gourmet e Semear.

Estes são os ‘representados’ do Smartfarmer neste certame. Para saber mais e comprovar, vá até à ‘Feira D’àvila’.

Cherosabor

A Cherosabor, nasce da ideia inovadora de Mário e Patrícia de trabalhar este legume típico da região da Covilhã, a Cherovia, primeiro nos doces e depois nas queijadinhas, passando pelos patés, até aos pacotes de cherovia desidratada ou frita.

Ervas da Zoé

A Ervas da Zoé, sediada na região Idanha-a-Nova é uma empresa familiar, fundada por Maria do Rosário e Henrique Martins Manso que por acreditarem que as plantas aromáticas e medicinais são uma jóia da natureza e uma dádiva inestimável, de alma e coração decidiram viver da sua cultura. A Ervas da Zoé planta agora mais de 30 espécies de ervas.

Gorreana

A Gorreana, na ilha de S. Miguel, nos Açores, é a mais antiga plantação de chá da Europa. Reconhecida internacionalmente como produtora de chá de primeira classe, é desde 1883, um negócio de família que começou quando Ermelinda Gago da Câmara e o seu filho José Honorato abriram a fábrica e venderam a primeira produção de chá sob a chancela Gorreana.

Mestre Gourmet

A Mestre Gourmet, uma marca portuguesa de produtos gourmet que está no mercado desde 2013. O acompanhamento do produto, desde a sua conceção até ao embalamento final, a seleção das matérias primas e a conjugação de ingredientes conferem aos doces, mel, azeite, entre outros, sabores muito particulares. Utilizam métodos tradicionais de preparação das frutas e frutos com os quais trabalham.

Semear

A Semear, mais precisamente, o projeto SEMEAR na Terra, é um negócio social inclusivo que tem como objetivo formar, empregar e integrar sócio-profissionalmente jovens e adultos com dificuldade intelectual e de desenvolvimento, através da produção hortícola biológica. Cada semana é colhido o melhor que o campo oferece, no meio da cidade de Oeiras, na exploração agrícola ‘SEMEAR na Terra’.

As feiras são atividades económicas e sociais que partilham a ideia de aproximação entre consumidores, vendedores e produtores permitindo o diálogo a socialização e a criação do sentido de ‘comunidade’.  Devido à pandemia do COVID-19, essas formas de socialização têm sido evitadas. Ainda assim, os produtores necessitam das feiras para a venda de produtos e geração de renda. Após um período de tempo fechadas, as feiras reabriram.