//Pinhel ‘Cidade do Vinho 2021’

Pinhel ‘Cidade do Vinho 2021’

Face à situação de pandemia que afetou Portugal, a Europa e o Mundo, a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) decidiu estender a 2021 o estatuto de Pinhel como ‘Cidade do Vinho’.

No entender do Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, esta é uma decisão justa tendo em conta que Pinhel continua determinado em concretizar o programa delineado no âmbito da sua candidatura, ao abrigo da qual está prevista mais de uma centena de atividades.

A eleição de Pinhel a ‘Cidade do Vinho’ aconteceu em Peso da Régua, que foi ‘Cidade do Vinho 2019’ e resultou da votação dos municípios associados presentes, que atribuíram a distinção ao município que em 2020 assinalou 250 anos de elevação a cidade.

Contactado pela Lusa, o presidente da Câmara de Pinhel, Rui Ventura, afirmava que “Pinhel tem a responsabilidade acrescida de ser a maior produtora de vinho da Beira Interior e, dessa forma, arrastar aquilo que é a marca e qualidade dos vinhos da Beira Interior, não só para o mundo dos enólogos, mas também para aquele mundo que é o dos curiosos do vinho”, acrescentando ainda que “aquilo que pretendemos fazer em 2020 é associar as iniciativas culturais relacionadas com a comemoração dos 250 anos de elevação a cidade, a esta nomeação”.

Recorde-se que já foram ‘Cidade do Vinho’ oito municípios: Palmela (2009); Beja (2010); Viana do Castelo (2011); Vidigueira (2013); Barcelos (2014); Lagoa (2016); Madalena do Pico (2017) e Peso da Régua (2019).

Promovida pela AMPV, esta iniciativa leva à elaboração e execução de um programa anual de ações culturais, de formação e de sensibilização, ligadas ao vinho.

O concelho de Pinhel encontra-se entre os 350 e os 600 metros de altura em relação ao nível do mar e é banhado pelo rio Côa. Pinhel pertence ao distrito da Guarda, região Centro e sub-região da Beira Interior Norte, com aproximadamente 3 500 habitantes, também conhecida por Cidade Falcão.