//‘Meruge branco 2015’ com 93 pontos na inglesa Decanter

‘Meruge branco 2015’ com 93 pontos na inglesa Decanter

A Lavradores de Feitoria vê a sua mais recente colheita de ‘Meruge branco’ destacar-se em terras de Sua Majestade!

A edição deste mês da revista inglesa Decanter apresenta um artigo com diversos vinhos brancos do Douro, sendo que o ‘Meruge 2015’ foi o preferido do crítico Danny Cameron, que o descreve como fascinante e robusto e lhe atribui 93 pontos.

Um boa nova recebida com muito agrado pela equipa que dia-a-dia enverga a camisola Lavradores de Feitoria e pelos 48 accionistas da empresa que, em 2009, viu nascer o primeiro ‘Meruge branco’.

Na sua sétima edição, este monocasta de Viosinho estagiado em barricas de carvalho português enverga uma cor dourado palha. Um vinho fresco, frutado e bastante complexo, com notas de fruta madura e nuances balsâmicas. Com madeira muito bem integrada, vai evoluindo para aromas mais complexos, a lembrar fruta seca, e que o tornam muito rico e interessante. No palato, a primeira impressão é fresca, frutada e muito agradável. Com uma boa acidez, este DOC Douro é um vinho equilibrado, apresenta aromas de fruta madura, como o marmelo, ligeiramente abaunilhado, e alguns frutos secos. Muito harmonioso, tem um final saboroso e longo.

Estamos perante um chamado “branco de Inverno” – que não se nega a uma degustação à mesa na Primavera, Verão e Outono – que tem a particularidade de fermentar e estagiar em barricas de carvalho português novas e sem qualquer tipo de “queima” na madeira interior, o que lhe imprime um carácter muito próprio. Com boa complexidade e estrutura, é um néctar com potencial de guarda.