//Melhor vinho tinto de lote do mundo é alentejano

Melhor vinho tinto de lote do mundo é alentejano

BLOG by Tiago Cabaço bivarietal ‘13, foi considerado “Best in Show – Best Red Blend” nos Decanter World Wine Awards. Esta é a primeira vez que um vinho português recebe a distinção.

Pela primeira vez, um vinho de mesa português conquistou a mais alta distinção atribuída nos Decanter World Wine Awards, a maior e mais importante competição do setor a nível mundial. O BLOG by TIAGO CABAÇO bivarietal ‘13 traz para casa uma das exclusivas 34 medalhas de platina e o título de “Best in Show – Best Red Blend” (melhor no concurso na categoria de vinhos tintos de lote/blend).

Para chegar a este resultado, o júri, composto por mais de 200 especialistas do setor de todo o mundo, seguiu uma exigente prova que passou por três fases. Na primeira, foram provadas cerca de 17.200 referências às quais foram atribuídas medalhas de bronze, prata ou ouro. Seguiu-se uma nova prova, apenas com os vinhos medalhados com ouro, para atribuir as medalhas de platina. Por fim, foi destacado o melhor entre os melhores em cada categoria, acrescentando à medalha de platina o título de melhor no concurso.

A categoria “Best Red Blend”, ou seja, melhor vinho tinto de lote, é a mais disputada em todo o concurso. Por este motivo, Tiago Cabaço, produtor que empresta o nome ao vinho, afirma que “é com imenso orgulho que recebemos esta distinção. Por um lado, porque é o reconhecimento do nosso trabalho e da nossa devoção à região. Por outro, porque este prémio eleva não só os nossos vinhos, mas também o nome do Alentejo e de Portugal enquanto produtor de vinhos de elevada qualidade. Estou convicto que será um prémio muito importante para o setor.”

O BLOG by TIAGO CABAÇO bivarietal ’13 é um vinho de terroir produzido à base de Alicante Bouschet e Syrah, duas castas emblemáticas da região. Um vinho feito na vinha, a partir das uvas das melhores parcelas, cuja produção é limitada pela própria natureza. Após a colheita, repousa durante quinze meses em barricas de carvalho francês, o que lhe confere uma estrutura impressionante. Simultaneamente vigoroso e subtil, este vinho destaca-se pela frescura e exuberância da fruta. Um clássico, que reclama o estatuto de topo de gama do produtor, com pouco mais de 9 mil garrafas produzidas.