//Mêda aderiu aos ‘Municipios do Vinho’

Mêda aderiu aos ‘Municipios do Vinho’

Município considera o vinho “um produto que agrega, diferencia e cria valor acrescentado aos territórios”.

O concelho de Mêda tem fortes tradições ligadas à cultura da vinha e produção de vinho, com parte do concelho integrado na Região Demarcada do Douro, onde se produzem vinhos D.O. Porto e Douro, estando o restante território integrado na Região Demarcada da Beira Interior, onde se obtêm vinhos D.O. Beira Interior e I.G. Terras da Beira.

Tanto o executivo como a Assembleia Municipal de Mêda aprovaram por unanimidade a adesão deste município à AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho. Com esta adesão, a associação — que há 13 anos desenvolve um abrangente trabalho de defesa e promoção dos territórios vinhateiros — ultrapassa já os 90 municípios associados.

José Arruda, secretário-geral da AMPV, manifesta natural satisfação pelo crescimento que a associação vem registando ano após ano, considerando que “ganhámos dimensão, maior representatividade e uma força que nos faz abraçar projetos mais ambiciosos e, com isso, criar uma maior dinâmica e valorização do vinho, da cultura e do enoturismo do nosso país”, refere, acrescentando que “ter os autarcas ao nosso lado, presentes, contribuindo com a sua garra, a sua força e vontade na valorização de um património vastíssimo ligado ao vinho, faz toda a diferença, porque são os municípios os principais motores de desenvolvimento local”.

Fonte do município declarou esperar que esta adesão possa “contribuir para que o setor vitivinícola do concelho se afirme como fator de desenvolvimento económico, social e histórico-cultural”. Para isso, passa agora este município a contar com o contributo da AMPV e a pertencer “a esta grande rede de quase uma centena de municípios defensores do vinho, da cultura e de toda a dinâmica que está associada a este produto nacional que tanta importância económica tem para o país e tanto simbolismo ganha junto de todos nós”, afirma José Arruda.

O município de Mêda entende que “o vinho é um produto que agrega, diferencia e cria valor acrescentado aos territórios” e que, associado a outros produtos endógenos e aliado à gastronomia, às paisagens naturais e ao património edificado, “permitirá encarar ainda mais o enoturismo como um dos principais vetores de desenvolvimento do concelho”.

Concelho de Mêda
Situado numa zona montanhosa de transição entre o Planalto Beirão e o Alto Douro, o concelho de Mêda tem cerca de 296 Km quadrados de área reunidos por 16 núcleos populacionais principais, agrupados em 11 freguesias com uma população que ronda os 5200 habitantes.
Por terras de Mêda encontram-se castelos e ruínas, casas brasonadas, pelourinhos, fragas e fontes com história, sendo que Marialva é o epicentro da distinção do concelho, uma vez que é uma das Aldeias Históricas de Portugal.