//Madeira Wine Lounge

Madeira Wine Lounge

Vinhos da Madeira, gastronomia e música em evento integrado no Festival do Vinho da Madeira.

A Praça do Povo, na bonita Avenida do Mar, no Funchal, acolheu mais uma edição do ‘Madeira Wine Festival’ que entre os dias 8 e 24 de outubro ‘mostrou’ e deu a provar os vinhos de onze produtores madeirenses.
O acolhedor e funcional recinto disponibilizava à entrada um copo – mediante um depósito de 3 euros recuperado com a devolução – que proporcionava aos turistas nacionais e estrangeiros, mas também aos madeirenses, a escolha dos vinhos (tranquilos e generosos Madeira) a saborear nos stands com uma oferta onde predominavam os vinhos brancos mas também com alguns tintos a contrariar a ideia feita de que a Madeira é ‘terra só de vinhos brancos’.
Efetivamente, há uma grande evolução nos vinhos tranquilos produzidos nesta ilha, com bons resultados em propostas de rosés, excelente evolução na produção de brancos, nomeadamente na casta verdelho e os tintos a prometer bons resultados se lhes derem tempo para evoluir.

Para acompanhar a oferta vínica, uma boa oferta gastronómica com destaque para as iguarias madeirenses e uma excelente seleção de grupos musicais que muito contribuíram para a apreciação global da experiência, muito positiva, a avaliar pelos comentários elogiosos que se ouviam.
‘The Chefs’
O Chef Miguel Silva, convidado para o último fim-de-semana do certame, levou à Pérola do Atlântico uma ementa ‘inspirada’ no Ribatejo, sua região de origem, que ‘casou’ com produtos madeirenses.
Para a entrada foi apresentado um ‘Torricado com Peixe-espada preto e molho de escabeche’, como prato principal o ‘Arroz de Toiro confecionado em lume de lenha, em panela de ferro suspensa na burra’ e para sobremesa o tradicional ‘Pampilho’ um doce que homenageia os campinos, acompanhado por Mousse e polpa de Manga da Fajã dos Padres, salpicadas de crocante de pistáchios, adornados com microflores comestíveis.

A primeira apresentação deste menú aconteceu no almoço de sábado, dia 23, na Quinta Barbusano, localizada em S. Vicente e com serviço de refeições e provas de vinho, em local de onde se avista uma paisagem espetacular. Para cada uma das três componentes da refeição foram servidos, para a entrada o Rosé Tinta Negra/Aragonês 2017, para o prato principal o Touriga Nacional/Aragonês 2017, com estágio de 12 meses em Carvalho Francês e para a sobremesa o branco Barbusano Barricas Verdelho 2016 DOP Madeirense.

 

No jantar que encerrou este certame do Festival do Vinho da Madeira, a confeção da ementa referida contou com a colaboração do Chef Alberto Aveiro e a degustação com um conjunto de vinhos representativos de todos os produtores presentes no ‘Madeira Wine Lounge’ cuja apresentação e propostas de harmonização contou com a enóloga Rubina Vieira que, ao vasto conhecimento e dedicação (amor?) aos vinhos desta ilha, acrescentou uma singular capacidade de comunicação.

 

Madeira Rural
Integrado no Festival do Vinho da Madeira, este ano excecionalmente a decorrer em outubro, o ‘Madeira Wine Lounge’ foi organizado pela Madeira Rural, uma associação de desenvolvimento e promoção de turismo rural que conta atualmente com mais de quatro dezenas de associados na área do alojamento e 33 parceiros com atividades de arlivre.
O Madeira Rural tem página de facebook (Madeira Rural) e site com o seguinte endereço: http://www.madeirarural.com