//Leonor de Freitas conquistou ‘Prémio Mulher Empresária 2018’

Leonor de Freitas conquistou ‘Prémio Mulher Empresária 2018’

Empresária vitivinícola da região de Palmela vai, em setembro, até Xangai, China, “competir” pelos IWEC Awards 2018.

Leonor de Freitas venceu a primeira edição do Prémio Mulher Empresária 2018 do BPI, anunciou esta entidade bancária, acrescentando que este galardão foi criado com o objetivo de reconhecer o percurso das gestoras portuguesas e contribuir para aumentar a visibilidade das lideranças no feminino no mundo dos negócios”.

O BPI justifica esta decisão com o facto de se tratar de um reconhecimento pelo seu percurso profissional, pelo seu compromisso social e a postura inspiradora e empreendedora, que tornou a Casa Ermelinda Freitas “numa referência no mercado vinícola português e internacional”.

A empresária portuguesa vai agora representar Portugal nos prémios internacionais IWEC Awards 2018, criado em 2007 pela Câmara do Comércio de Barcelona, com o apoio do CaixaBank, accionista maioritário do BPI. Leonor Freitas poderá ser distinguida, entre 40 empresárias de 20 países, em Xangai, China, no evento que decorrerá entre os dias 9 e 12 de setembro.

Leonor de Freitas dedicou-se à empresa após o falecimento de seu pai, como forma de apoiar a mãe, Ermelinda de Freitas, que ficou com a tarefa de dar continuidade à atividade. A empresária agora distinguida pelo BPI, assumiu por inteiro a gestão da empresa após o falecimento de sua mão, Ermelinda de Freitas, após mais de 20 anos de atividade ligada ao Ministério da Saúde.

Distinguida a 10 de junho de 2009 com a comenda de Ordem de Mérito Agrícola, Comercial e Industrial Classe do Mérito Agrícola Comendador, conferida pelo então Presidente da República Aníbal Cavaco Silva, Leonor de Freitas tem conciliado com o sucesso empresarial, uma reconhecida atividade de responsabilidade social.

 

Foto Leonor de Freitas: Gazeta Rura