//Lamego o Vinho
lamego

Lamego o Vinho

Lamego é Douro e de ouro! É vinha e vinho. É ancestralidade, identidade e modernidade. Do ‘vinho cheirante de Lamego’ aos dias de hoje, afirmaram-se, e afirmam-se, aqui também produzidos, os vinhos do Douro, o vinho do Porto e os espumantes, em todo o seu esplendor.

 

Concelho

Situado na margem sul do rio Douro, o concelho de Lamego tem 165,42 km² de área, dividida por 18 freguesias, e tem uma população de 26 691 habitantes.

 

Região

Pertence à Região Demarcada do Douro para a produção de Vinho do Porto e à Região Demarcada do Távora- -Varosa para a produção de espumantes.

 

Vinho

Lamego sempre foi um território multicultural e aberto ao mundo. Quem o visita encontra aqui gente hospitaleira e um valioso património material e imaterial.

Aqui foi produzido o vinho generoso exportado pela primeira vez com o nome de ‘Vinho do Porto’ e foram também produzidos os primeiros espumantes nacionais.

A cultura do vinho domina a paisagem natural do concelho. O rio Douro que transportou no seu leito a alma e a sabedoria dos durienses, através de barcos rabelos que ao sabor da corrente embalavam a qualidade e o sabor dos vinhos, limita a norte este território.

A produção de vinho e espumante é a sua base produtiva e molda, desde sempre, a sua identidade histórica.

O Município de Lamego orgulha-se de fazer parte do núcleo de fundadores da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e reconhece o imenso trabalho de promoção e valorização dos territórios vitivinícolas, objetivos que esta associação vem perseguindo com notório sucesso.

Lamego é sobretudo conhecido pelos seus vinhos tintos, essencialmente de castas como Touriga Nacional e Malvasia Fina, e os seus afamados espumantes.

 

Gastronomia

O cabrito assado, os deliciosos petiscos de presunto, as bôlas (fiambre, presunto, vinha d’alhos, atum, frango, sardinha e bacalhau), os enchidos de porco, o biscoito da Teixeira, os ‘Lamegos’, entre outros, e as sumarentas frutas.

 

Oferta Enoturística

Caves Raposeira

O prestígio dos vinhos da região de Lamego remonta ao século XVI e foi definitivamente consagrado com a produção dos espumantes Raposeira, empresa fundada há mais de 100 anos.

Estudos então realizados na famosa região de Champagne, em França, e uma série de experiências levadas a cabo em terras lamecenses permitiram criar a personalidade de alguns dos mais consagrados espumantes portugueses.

 

Quinta da Pacheca

Está aberta a visitas em qualquer altura do ano. Das visitas guiadas às provas e cursos de vinhos, passando pelos almoços e jantares, tudo pode ser realizado.

Nesta quinta, as potencialidades são inúmeras e a flexibilidade de serviços permite adequá-los à vontade de cada visitante. A missão é tornar realidade todas as suas ideias e os seus sonhos.

 

Casa dos Viscondes da Várzea

Situada em pleno Douro, está inserida numa paisagem artística e variada onde a natureza convive com estilos românico e gótico-manuelino.

Ao atravessar os seus portões brasonados, o visitante sente desde logo a magia de um lugar que promete momentos inesquecíveis. Inserido numa propriedade de família com mais de 180 hectares, este solar, foi adaptado a Hotel de Charme.

 

Feiras e Eventos

 

Festas dos Remédios

A Romaria de Lamego, dedicada a Nossa Senhora dos Remédios, é uma das maiores de Portugal, sendo o momento mais alto desta celebração a grandiosa Procissão do Triunfo, na qual os andores ostentam imagens sagradas puxadas por juntas de bois. Nesta altura, as ruas ficam ricamente ornamentadas.

 

Entrudo de Lazarim

É o entrudo mais genuíno da região, com o desfile das tradicionais máscaras de madeira de amieiro, criação dos artesãos locais, com as rimas de mal dizer, a leitura dos testamentos, a queima do compadre e da comadre, passando pela confeção da feijoada às papas de milho, num clima de grande entusiasmo.

 

Feira de Santa Cruz

É o maior evento de arte equestre realizado na região do Douro. Repleto de tradição, este certame oferece um programa de grandes iniciativas, no qual o cavalo é o ‘rei e o senhor’.

 

Semana Santa

Lamego é uma terra de fé e de intensa religiosidade, vivendo com especial fervor as celebrações litúrgicas realizadas no âmbito da programação da Semana Santa, um dos pontos mais altos na vida da cidade e da região.

 

In: Territórios Vinhateiros, Olivícolas e Corticeiros de Portugal, edição da AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

Publicação no Jornal dos Sabores numa parceria com a AMPV