//‘Influecer’ de vinho aos 101 anos

‘Influecer’ de vinho aos 101 anos

Viralizou na internet ao procurar trabalho, que agora conseguiu como promotora de vinhos.

No início deste ano de 2021 esta história ‘encantou’ o mundo do vinho sobretudo, claro, por se tratar de uma senhora centenária.
Agora que estamos em fim de férias e em plena época das vindimas, se ainda não leu, vale a pena ficar a conhecer o que então contámos aqui no Jornal dos Sabores.

Uma brincadeira da bisneta, a pedido da bisavó, levou uma idosa à fama e a transformar-se em ‘influencer’ embora, na verdade, a senhora nem saiba o que isso é.

A história vem do Brasil, é enternecedora e merece ser contada. Na justificação para voltar a trabalhar a centenária afirmou que pretendia ganhar para comprar a ‘sua’ carne e também o vinho. E a sua ‘costela’ de enófila, chamou a atenção do setor.

Vamos então ao que aconteceu:

Maria Cardoso, aos 101 anos resolveu procurar trabalho, para não depender da filha e “ter dinheiro para comprar a minha carne e o meu vinho”, contou a idosa.
Ajudada pela bisneta, elaborou uma candidatura que enviou para uma empresa de refrigeração na cidade onde vive, no Estado de S. Paulo. A responsável de recursos humanos que recebeu a proposta diz que primeiro ficou na dúvida quanto à data de nascimento da candidata mas, depois de saber o que se passava achou a situação tão inusitada que partilhou a história nas redes sociais, como exemplo de coragem da centenária candidata.

A publicação tornou-se viral e em pouco tempo Maria Cardoso recebeu contactos de empresas sensibilizadas com a história. A referência à vontade de comprar vinho levou a que várias distribuidoras lhe enviassem garrafas desta bebida e uma delas até se comprometeu a enviar vinho todos os meses durante um ano.

A família contou que se tratou de uma brincadeira que foi bem aceite pela empresa a que Maria Cardoso se candidatou, que decidiu mesmo convidá-la para uma visita às instalações da fábrica, assim que a pandemia de covid-19 o permitir.

Mas a repercussão desta brincadeira ultrapassou tudo o que se poderia esperar, com a comunicação social a dar eco a este ‘caso’ nascido nas redes sociais e apareceu mesmo um empresário de vinhos que a convidou para ‘garota-propaganda’ como se diz no Brasil.
O empresário declarou-se “encantado com a doçura e o bom humor de dona Maria” e revelou a uma estação de televisão, que lhe fez o convite e agora “ela vai experimentar e, se concordar, vai se tornar nossa ‘influencer’ de vinhos nas redes sociais”.