//Conheça o Alimento: Manjericão

Conheça o Alimento: Manjericão

O manjericão, também conhecido como basílico é uma planta milenar que se tornou indispensável à gastronomia de diversos países.

Caracteriza-se pelas suas folhas de um verde intenso, em formato oval e com textura suave. O seu sabor característico torna-o facilmente identificável.

Existem vários tipos de manjericão, que pertencem à família Lamiaceae.

 

Benefícios

Os benefícios do manjericão para a saúde humana estão, essencialmente, ligados aos óleos essenciais na sua constituição.

Segundo os estudos realizados, tem propriedades benéficas para a saúde cognitiva, propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, apresenta ainda benefícios para saúde oral e contribui para uma pele mais saudável.

 

História

Os primeiros cultivos do manjericão remontam a 4000 anos atrás, na Índia, com origem numa espécie nativa da Pérsia. Era tido como uma erva sagrada, e o seu consumo era restrito para que não fosse banalizado.

Chega à Grécia através das batalhas contra os persas, onde se torna uma planta associada à grandeza, daí ter sido denominado basilikon que advém de basileus, que significa imperador.

Apesar do estatuto que adquirido pelo manjericão, houve quem desconfiasse das suas propriedades e alegasse que este levava à insanidade. Mais tarde, no Império Romano, o manjericão era visto como uma planta supersticiosa, daí o seu cultivo ser realizado com rituais para que este crescesse devidamente.

Após se difundir pelo mundo, o manjericão tornou-se parte de receitas de vários países, onde se destacam a gastronomia italiana e a tailandesa.

 

Época

A colheita do manjericão inicia-se em maio e estende-se até setembro.

O manjericão de melhor qualidade apresenta-se com folhas de cor viva e brilhante, que libertam o seu aroma único, livres de deformações, manchas ou outras alterações de cor e que não se encontram secas.

 

Conservar

É uma planta de rápida perecibilidade quando fresca, por isso, deve ser guardada a temperatura de refrigeração por um curto período de tempo.

 

Utilizações

O manjericão é utilizado fresco ou seco, no entanto, as suas principais qualidades perdem-se quando seco.

Os seus usos são variados, podendo ser utilizado com vegetais, carne, peixe, em molhos, estufados, como infusão, em bebidas alcoólicas, entre outos.

As sementes também são comestíveis e são usualmente utilizadas em sobremesas e bebidas asiáticas.

 

Receita

 

Bacalhau com migas de tomate e manjericão

 

Ingredientes

4 lombos de bacalhau; 150 ml azeite; 3 dentes de alho; 100 gr de broa de milho; 100 gr tomate; 1 cebola; 50 gr de toucinho fumado; manjericão q.b; louro q.b;

 

Preparação

Coloca-se o bacalhau num tabuleiro com o alho descascado e o louro e rega-se com azeite, leva-se ao forno durante 15 minutos a 180 Cº. Num tacho, deita-se o azeite e o toucinho, adiciona-se a cebola e o alho picado, louro, o tomate pelado aos cubos e deixa-se refogar. Adiciona-se a broa de milho já migada e envolve-se bem durante alguns minutos. Terminam-se as migas com folhas de manjericão frescas. Para servir, colocam-se as migas no prato e o bacalhau por cima.