//Conheça o alimento: Acelga
Acelga

Conheça o alimento: Acelga

A acelga é uma hortaliça versátil e nutritiva há muito esquecida da gastronomia e do paladar dos portugueses.

De nome científico, Beta vulgaris, é uma hortaliça de origem mediterrânica com registos históricos que remetem até à Grécia Antiga.

Com alto valor nutricional, a acelga apresenta elevadas quantidades de potássio, cálcio, magnésio, vitamina C, betacaroteno e vários benefícios para a saúde como a melhor regulação dos níveis de açúcar no sangue, propriedades antioxidantes e protetoras.

A acelga tem folhas grandes ovais cujo sabor lembra o do espinafre mas ligeiramente mais ácido e talos longos e firmes que podem ser amarelos, vermelhos, ou o mais comum, brancos.

A utilização de acelga na gastronomia portuguesa perdeu-se com o tempo, se outrora crescia de forma espontânea por terreno português, atualmente, a sua utilização é apenas uma reminiscência do seu passado. Aliando o potencial nutricional ao contexto histórico que lhe é inerente, a sua recuperação enquanto produto alimentar português poderá ser uma mais-valia.

 

Época

Está disponível para venda quase todo o ano, no entanto, a partir da primavera esta torna-se mais tenra e suas fibras menos lenhosas atingindo a melhor época no Verão, a partir daí, vão endurecendo.

Deve-se optar pelas que apresentem folhas mais brilhantes e talos de cor intensa e sem manchas.

Conservar

Depois de separadas as folhas dos talos, deverão ser conservadas até 4 dias à temperatura de refrigeração. As folhas deverão ser consumidas rapidamente para não perderem o seu teor de vitamina C. É recomendável que a acelga seja brevemente fervida em água, antes de consumida.

 

Receita de grão-de-bico com acelga

Ingredientes:

500 gr de grão-de-bico; 250 gr de acelga; 1 cebola; 2 dentes de alho; 1 folha de louro; sal q.b; azeite q.b; 1 chouriço (opcional)

Preparação:

De véspera, demolha-se o grão-de-bico. Separam-se as folhas dos talos e retiram-se as nervuras mais grossas, para esta receita serão utilizadas apenas as folhas, os talos podem se reservar para outra confeção. Numa panela, coloque o grão previamente demolhado em água temperada com sal, acrescenta-se a folha de louro, quando o grão estiver quase cozido, adicionam-se as folhas da acelga à panela e deixa-se cozer até ambos estarem macios. Pica-se a cebola e os dentes de alho e refogam-se num tacho com azeite, quando devidamente refogados, introduz-se o grão e as acelgas escorridos e envolvem-se no refogado. Retifica-se o tempero e serve-se. Esta receita pode ser enriquecida com chouriço que deve cozer juntamente com o grão e a acelga.

 

Este artigo foi elaborado em parceria com o negócio social SmartFarmer no sentido de promover uma alimentação saudável e sustentável – se quiser apoiar este projeto ou comprar um cabaz de frescos pode saber mais em smartfarmer.pt