//‘Confrarias Báquicas’ reúnem no Porto e Gaia
confrarias baquicas

‘Confrarias Báquicas’ reúnem no Porto e Gaia

Congresso Mundial das Confrarias Báquicas, em 2023, espera cerca de 700 participantes de todo o mundo.

Entre os dias 27 de maio e 2 de junho de 2023, o ‘mundo’ do vinho reunir-se-á no Porto e em Gaia, para receber aquele que a organização considera um dos maiores eventos ligados à Vinha e ao Vinho.

Para este evento que acontecerá no Porto e em Vila Nova de Gaia as inscrições abrem na primavera de 2022 numa iniciativa que passará pelo Minho, Douro, Lisboa e Alentejo e conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República. São esperados cerca de 700 participantes de várias regiões do mundo onde se produz vinho, para participar no Congresso Mundial das Confrarias Báquicas a decorrer entre 27 de maio e 2 de junho de 2023.

Aprovado em Paris, em 2020, o Congresso Mundial das Confrarias Báquicas é um dos maiores eventos ligados à Vinha e ao Vinho, envolvendo associações de defesa e promoção dos vinhos dos 34 países que integram a Federação Internacional das Confrarias Báquicas.

“Portugal, neste momento, está na moda e os nossos vinhos vão ganhando cada vez mais notoriedade. O nosso turismo ligado ao vinho é cada vez mais apreciado lá fora. Queremos com o congresso melhorar a imagem que Portugal e os seus vinhos têm no exterior, mostrar que o nosso país, neste momento, trabalha ao nível do melhor que se faz no mundo em todas as atividades ligadas ao vinho”, afirma o presidente da Federação das Confrarias Báquicas de Portugal, Pedro Rego, e acrescenta que “o congresso será no Porto e em Vila Nova de Gaia, mas vamos visitar a região dos Vinhos Verdes e do Douro e teremos uma extensão para Lisboa. Queremos mostrar a qualidade dos vinhos que temos, as dificuldades com que nos deparamos, mas a qualidade que nos carateriza. Ainda não temos uma aprovação final de valores, mas será um custo elevado porque teremos centenas de visitantes durante uma semana em Portugal.”

Segundo Albino Jorge, presidente para a edição de 2023 deste Congresso, esta será “uma das maiores manifestações do vinho e da vinha no mundo”. “Vamos ter entre 500 a 700 congressistas presentes por isso esperamos um reflexo imediato para o nosso enoturismo logo após o congresso. Traz-nos o reforço da imagem de marca dos vinhos portugueses, mas também uma confiança grande na organização portuguesa”, sublinha.

O responsável acredita ainda que o congresso “trará uma dinâmica económica muito interessante por causa da hotelaria e dos restaurantes”.

 

Saiba mais sobre a Federação das Confrarias Báquicas de Portugal em:

https://federacaodasconfrariasbaquicas.pt/