//Chefe Cozinheiro do Ano 2019

Chefe Cozinheiro do Ano 2019

Ricardo Luz foi o grande vencedor da 30ª edição do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano 2019.

Ricardo Luz, do Restaurante Bon Bon, destacou-se perante os júris com um menu composto por Caldeirada de Bacalhau, Ravioli de Sames e Língua (entrada); Salmonete e seus Fígados, Ervilhas e Milhos Fermentados (peixe); Presa de Porco, Rabo, Nabo e Couve (carne); Arroz de Cherne e Gamba da Costa (prato tradicional de tacho) e Sericaia de Morangos e Poejo (sobremesa).

Pela primeira vez no Porto, o maior concurso de cozinha para profissionais contou também com a estreia do Documentário “30 – O Chefe Cozinheiro do Ano e a Cozinha em Portugal”, patrocinado pela Makro, uma abordagem aos últimos 30 anos da cozinha profissional em Portugal, com entrevistas a júris, vencedores, entre outros.

“Este ano celebramos os 30 anos do CCA numa transformação digital, criando um legado para as novas gerações e para os próximos anos do CCA – o lançamento do documentário “30 – O CCA e a Cozinha em Portugal”. Tivemos oportunidade de documentar este concurso, através do testemunho dos próprios que têm construído este percurso, a sua História. O Ricardo Luz, nosso cliente da loja Makro de Albufeira, vai começar uma nova etapa da sua vida, após vencer o maior concurso de cozinha profissional em Portugal. Esta é a história de todos os que já passaram e que continuarão a passar pelo CCA.”, comenta Isabel Caeiro, Communication and Engagement Manager da Makro.

Ricardo Luz junta-se ao restrito Clube CCA, composto por todos os Chefes Cozinheiro do Ano e receberá um cheque Makro de 1.000€ (valor monetário), além de outros prémios.

No que diz respeito a prémios, António Queiroz Pinto, do Restaurante de Tormes, conquistou o prémio Helmut Ziebell. Bruno Ribeiro, da 1300 Taberna, e João Pedro Santos, do The Yeatman, ficaram ainda, respetivamente, em segundo e terceiro lugar.

O Chefe Cozinheiro do Ano é o maior concurso nacional de cozinha para profissionais, tendo como objetivo o apuramento do Chefe Cozinheiro do Ano, bem como a valorização profissional dos cozinheiros em Portugal. Os destinatários são todos os profissionais de cozinha residentes em Portugal, com mais de 25 anos ou mais de cinco anos de experiência profissional comprovada. Tem como intuito dar um novo impulso à valorização da profissão de cozinheiro e contribuir para a dignificação da cozinha portuguesa.