//Cerimónia de Abertura do Ano Letivo na EFTA

Cerimónia de Abertura do Ano Letivo na EFTA

A EFTA – Escola de Formação Profissional em Turismo de Aveiro realiza a 3 de novembro a Cerimónia de Abertura do Ano Letivo 2017/2018.

O evento, “pretende criar um ambiente de inspiração e motivação com o testemunho de alunos e ex-alunos, de forma a partilhar a experiência enriquecedora que a Escola promove”, como refere fonte daquela unidade de ensino com cursos de Técnico de Restauração – Restaurante/Bar e Cozinha/Pastelaria e também Técnico de Turismo.

No Grande Auditório do Centro Cultural e de Congressos de Aveiro, a partir das 17h30, serão entregues Prémios de Assiduidade – aluno mais assíduo, Distinção – melhor aluno de cada turma, de Mérito – aluno com melhor média de final do curso e o prémio Prof. Dr. Luís Capucha – melhor aluno da Escola, aos alunos que se destacaram no ano letivo 2016/2017. Encerrar-se-á a cerimónia num clima de reconhecimento e congratulação, com o objetivo de estimular os novos alunos para o percurso que agora iniciam na EFTA.
A EFTA

Tendo como objeto social a prestação de serviços de formação profissional, ensino e consultoria na área do Turismo e da Hotelaria, a Escola de Formação Profissional em Turismo de Aveiro é um estabelecimento privado de ensino secundário, resultante da iniciativa de promotores locais, individuais e coletivos, constituída por capitais privados, maioritariamente, e públicos, estes últimos subscritos pela então Região de Turismo da Rota da Luz, tendo a Região de Turismo do Centro, herdado essa participação. Detém, neste momento, um capital social de 120.000 euros.

Assumindo a Missão de promover uma qualificação escolar e profissional de excelência e os valores de honestidade, rigor, transparência e sustentabilidade a Escola de Formação Profissional em Turismo de Aveiro assenta o seu processo educativo e formativo em torno de quatro aprendizagens fundamentais que ao longo da vida serão os pilares do conhecimento: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser (Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI, 2005).