//Bolo S. Tomé (1ª edição da Teleculinária)

Bolo S. Tomé (1ª edição da Teleculinária)

Receita do bolo que ‘fez’ capa na edição nº 1 da revista Teleculinária que chegou a vender 250 mil exemplares.

Logo na estreia da publicação aconteceu um facto digno de registo. A foto da capa com o bolo de S. Tomé, não era do bolo, mas da forma.
Mais de 30 anos passados, aqui fica a revelação. Como o bolo se partiu ao desenformar, o Chefe decidiu fotografar a forma, com umas pinceladas de manteiga e farinha para “tapar” o metal.
(In: Biografia do Chefe Silva-Teleculinária – link no final do texto)

 

Ingredientes
Para o bolo:

5 ovos; 125 gr açúcar; 150 gr farinha; 15 gr cacau; 1 colher (sopa) de mel; 1 colher (café) de canela; margarina para untar.
Para o creme:
200 gr margarina; 100 gr açúcar; 2 ovos; 1 colher (sopa) bem cheia de mel; 60 gr chocolate em tablete.

Preparação
Do bolo:

bata o açúcar com os ovos até obter uma massa fofa. Pode bater em máquina de batidos ou à mão com uma vara de arames. Misture o cacau e a canela com a farinha e peneire para um papel. Misture a farinha no batido espalhando-a sobre este e ligando à mão ou com colher de pau, mas sempre com muito cuidado e mexendo de baixo para cima. Misture também o mel. Unte uma forma com margarina e polvilhe-a ligeiramente com farinha. Deite nela a massa e leve a forno médio cerca de 35 minutos. O tempo de cozedura depende da espessura da forma. Para verificar se está cozido, use o velho truque do palito que se espeta na massa; se sair enxuto, está pronto, se estiver húmido deixe mais um pouco no forno, deixe arrefecer e desenforme.
Do creme:
amasse muito bem a margarina com o açúcar até amolecer. Vá juntando os ovos, um a um, mexendo muito bem com a vara de arames. Junte em seguida o mel e o chocolate previamente derretido, mas não quente. Bata sempre até obter um creme de consistência própria para decorar bolos. Se o creme talhar, aqueça ligeiramente o recipiente e mexa bem com as varas; não aqueça de mais para não derreter. Barre o bolo no exterior, alisando bem dos lados e por cima. Também o pode abrir e rechear, se desejar. Utilizando uma seringa ou um simples saquinho de papel vegetal, decore a seu gosto.

 

Harmonização sugerida pelos Vinhos de Lisboa – Aguardente Vínica Lourinhã X.O.
Sendo o mel e a canela os ingredientes principais deste bolo com cobertura de chocolate, a aguardente vínica D.O. Lourinhã é, sem dúvida, a bebida selecionada para acompanhar esta sobremesa singular, devido à sua complexidade e intensidade, seja no nariz, seja na boca, e ao final persistente que dita o seu potencial diferenciador no mundo vínico.
Aguardente Vínica Lourinhã X.O.
(https://doc-lourinha.pt)

Patrocínio:

(25% do valor do patrocínio é atribuído à área de Formação da ACPP – Associação de Cozinheiro Profissionais de Portugal, de que o Chefe Silva foi um dos fundadores.)

Nota – As Receitas dos Amigos do Chefe Silva integram a ‘Biografia do Chefe Silva’ editada em livro em 2008 e publicada agora em capítulos semanais no Jornal dos Sabores.
https://jornalsabores.com/category/gastronomia/chefe-silva/