//Baião: Fumeiro, cozido e vinho verde
Baião

Baião: Fumeiro, cozido e vinho verde

Vila portuguesa no distrito do Porto promove a 1, 2 e 3 de abril a 16ª Feira do Fumeiro, do Cozido à portuguesa e do Vinho Verde.

Depois de um interregno em 2021, devido da pandemia, regressa o evento que evoca num prato – o cozido à portuguesa – todo um conjunto de produtos de excelência, com destaque para as carnes, nomeadamente de fumeiro, mas também os legumes ‘genuínos’ que integram esta iguaria.

O fumeiro baionense, com as suas diferentes opções como a alheira, o salpicão, o presunto ou a linguiça, só para citar alguns exemplos constitui outro desafio gastronómico a que se pode acrescentar, para além do cozido, o arroz de grelos com moira e o pastelão de bacalhau.

Fumeiro de Baião

Mas este território concelhio, que integra a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) conta ainda com o ‘argumento líquido’ que passa pelos vinhos verdes da casta Avesso. Estes vinhos da sub-região de Baião contam com um espaço onde os visitantes poderão desfrutar e adquirir algumas das melhores marcas deste vinho verde de excelência de aroma frutado e baixo teor de acidez.

Baião Vinho

Os visitantes podem contar com cerca de três dezenas de produtores, com ofertas comerciais que vão dos vinhos à doçaria, nomeadamente o Biscoito da Teixeira, passando pelo fumeiro, a broa de milho, cervejas artesanais ou licores do concelho de Baião.

O presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira entende que “a gastronomia é uma das marcas pelas quais Baião é conhecido e é com muito gosto que mais uma vez vamos acolher milhares de pessoas no nosso território, para que possam degustar os nossos sabores, maravilhar-se com as paisagens e serem bem recebidos pela hospitalidade dos baionenses”. O autarca destacou ainda “a projeção que este evento confere a Baião, assim como a dinamização económica que traz para o território”.

Já o vereador dos Assuntos Económicos, José Lima, refere que “é com muita satisfação que voltamos a realizar este evento depois de um ano de interregno. A qualidade é a mesma de sempre, reflexo dos excelentes produtos da nossa região e dos cuidados que os produtores têm na sua preparação, porque existe um trabalho grande de preparação do fumeiro em todas as fases de produção. Gostaria de agradecer a todos, sem exceção, o empenho e o profissionalismo que colocam nesta iniciativa, sendo a satisfação de quem nos visita e recomenda a melhor forma de reconhecer o seu trabalho”.

Este evento é organizado pela Associação Empresarial de Baião, com o apoio da Câmara Municipal de Baião.

 

Saiba mais em: https://www.cm-baiao.pt/2022/03/23/feira-do-fumeiro-do-cozido-a-portuguesa-e-dos-vinhos-de-baiao-esta-de-regresso/

Fotos: C.M. Baião