//Azeite do Alentejo traz chefes de cozinha e críticos internacionais à região

Azeite do Alentejo traz chefes de cozinha e críticos internacionais à região

Objetivo é dar a provar o Azeite do Alentejo, não só no seu estado puro, mas também como ingrediente base da dieta mediterrânica.

Os azeites do Alentejo vão ser os protagonistas da viagem gastronómica que, nos dias 18,19 e 20 de Abril, traz à região sete chefs e críticos internacionais. Organizada pelo CEPAAL – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo, esta viagem tem como objetivo dar a provar o Azeite do Alentejo, não só no seu estado puro, mas também como ingrediente base da dieta mediterrânica.

David Santos, dos Estados Unidos, Óscar Bosch, do Brasil e Allan Poulsen, da Dinamarca, são os chefes que integram o grupo de participantes. Os críticos Dorit Schimdt, da Alemanha, Josimar Melo, do Brasil, Anna Berghe da Suíça, e o consultor brasileiro Marcelo Scofano, também vão marcar presença

O programa inclui visitas a olivais e lagares, provas de azeite e degustação de pratos, inspirados e harmonizados com os azeites do Alentejo. Com uma paisagem rica e diversificada, é nesta região que se produz 78% do azeite em Portugal (campanha 2017/2018).

Esta iniciativa é organizada no âmbito do projeto de “Promoção do Azeite do Alentejo nos Mercados Externos”, com o qual o CEPAAL pretende reforçar a sua estratégia de promoção externa e dar a conhecer o Azeite do Alentejo e as empresas produtoras a novos mercados. O objetivo é contribuir para o aumento das exportações, dar visibilidade coletiva a este produto, dinamizar a economia da região e conferir maior competitividade ao setor.

Sobre o CEPAAL:

Sedeado em Moura, o CEPAAL – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo nasceu em 1999 e é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivo valorizar e promover o Azeite do Alentejo dentro e fora de Portugal. Além de 25 produtores, tem entre os seus associados instituições ligadas ao sector olivícola e oleícola, incluindo organismos do Estado, municípios e universidades.