//Arruda dos Vinhos – Bife Wellington
arruda dos vinhos

Arruda dos Vinhos – Bife Wellington

O Bife Wellington faz as delícias de quem visita A Tasca do Beco Torto, em Arruda dos Vinhos.

O bife do lombo de vitela é envolvido em massa folhada, recheado com espinafres salteados, uma mistura de bacon e presunto e o célebre molho de cogumelos. O Bife é assado no forno, acompanha com puré de batata e é regado com um molho de emulsão com alguns ingredientes como legumes, alecrim e vinho tinto que tornam esta iguaria única!

Este prato homenageia o comandante britânico, Arthur Wellesley, que recebeu o título de 1.º Duque de Wellington e leva-nos a viajar, através do paladar, pela História das Invasões Francesas em Portugal e no território de Arruda dos Vinhos.

arruda dos vinhos
Um pouco de história

Com o intuito de integrar na ementa um prato diferenciador e de referência para a história local, A Tasca do Beco Torto apresenta, desde 2019, o Bife Wellington. Em Arruda dos Vinhos, a Gastronomia, o Vinho, a História e o Património Militar convidam a percorrer o Circuito das Linhas de Torres de Arruda dos Vinhos e o vasto território da Rota Histórica das Linhas de Torres; a experienciar os Fortes militares: o miradouro, o parque de merendas, o baloiço de madeira com vista para o Vale Encantado, os passeios pedestres e de BTT e ainda programar a sua visita autónoma com recurso aos áudio-guias do Município de Arruda dos Vinhos, em três línguas: português, inglês e francês.

Harmonização

Para este muito apreciado prato, o restaurante A Tasca do Beco Torto propõe a harmonização com um clássico do concelho, o vinho tinto Lote 44 da Adega Cooperativa de Arruda dos Vinhos. De cor granada e aromas a frutos vermelhos, este Vinho Regional Lisboa, cujas castas são a Touriga Nacional, Syrah e Aragonez, é macio e persistente no paladar, um vinho equilibrado e suave no final.

arruda dos vinhos

‘Memória de Sabores’ – Homenagem

Assinalamos o 21.º aniversário da elevação da Gastronomia Portuguesa a ‘bem imaterial do património cultural de Portugal, com uma homenagem a:

Quinta de S. Sebastião – Lisboa Romana Felicitas Iulia Olisipo Reserva Tinto Lisboa Romana é um projeto sobre a presença romana em Lisboa e na Área Metropolitana, que pretende ser uma referência no âmbito da investigação e conhecimento relativo a este período, dando a conhecer ao público este património. A Quinta de S. Sebastião, produtor de vinhos de Arruda dos Vinhos, deu vida ao vinho do citado projeto, o Lisboa Romana – Reserva Tinto. Produzido a partir da referência Quinta de S. Sebastião Reserva, Vinho Regional Lisboa, é um vinho que tem ganho várias distinções. Em março de 2020 recebeu a distinção de melhor vinho tinto entre mais de 3000 referências de todo o mundo no concurso Vinalies 2020, em Paris.

Cor granada profunda, nariz com notas de frutos pretos, trufas e tabaco. Na boca apresenta estrutura envolvente e final longo, sendo uma referência para acompanhar pratos de carne.

 

(Conteúdos produzidos pelo município de Arruda dos Vinhos, para ‘Harmonizações, histórias e Memórias’, aquando da comemoração dos ‘21 Anos da Gastronomia Património Cultural’, promovida pela AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho)