//Alenquer e o Vinho

Alenquer e o Vinho

Em Alenquer destacam-se as terras férteis do alto concelho por entre colinas e vales abraçados pela Serra de Montejunto e a margem direita do rio Tejo, com os tons das vinhas e vinhedos, verdes na primavera ou avermelhados no outono.

 

Concelho

O concelho de Alenquer, pertencente ao distrito de Lisboa e situado na Região Oeste tem uma área total de 304.2 km2 e cerca de 43 545 habitantes.

 

Região

Inserido na Região Vitivinícola de Lisboa, pertence à Rota dos Vinhos de Lisboa.

Alenquer apresenta-se desde a Idade Média como um concelho de forte tradição vitivinícola, que é atestada através do Foral da Portagem, de 1377, que permite a exportação de vinho de Alenquer para Lisboa. Já em princípios do século XVI, alcançou uma produção excedentária, permitindo a exportação para o estrangeiro.

 

Vinho

Atualmente reúne uma área de vinha superior a 8.000 hectares, distribuída por cerca de 40 produtores cuja produção ascende a 248.000hl de vinho, sendo a zona com maior destaque no quadro da vitivinicultura da Região de Lisboa, projetando as suas quintas e o próprio concelho para terras internacionais.

Dentro destes produtores, reside no seu concelho a maior quinta produtora do país e uma das maiores do mundo, a Casa Santos Lima.

Com um legado em constante crescimento no que diz respeito à cultura da vinha e do vinho, entre prémios e distinções, Alenquer é um dos 19 concelhos que em conjunto produzem 50% da produção nacional.

Para além disso, 2 dos 9 produtores portugueses que se encontram no top100 mais premiado do mundo são de Alenquer, sendo que um desses produtores é o segundo mais premiado de todo o mundo.

Os vinhos brancos de cor cítrica e palha dourada são aromáticos, cheios e persistentes no sabor, com aroma ligeiro frutado. Os tintos são vinosos, pouco aromáticos, vivos e brilhantes enquanto jovens e intensos, equilibrados quando envelhecidos.

 

Gastronomia

Encontramos inúmeros pratos confecionados a partir da codorniz, a Sopa do Espírito Santo e os torricados. Na doçaria, temos os bolos de ferradura, doce de vinho ou uvada, as Bodinhas do Espírito Santo e as famosas broas de mel.

 

Oferta Enoturística

 

Festival “Alma do Vinho”           

Festival que afirma Alenquer e as suas profundas raízes na cultura da vinha e do vinho, colocando ainda em evidência toda a Região de Lisboa. Com um conceito único e repleto de várias atividades, oferece uma experiência vínica exclusiva e diferenciada.

 

Rota do Vento

Guarda de memórias que vão desde os finais do século X até meados do século XX, marcado pela era moderna com a criação de infraestruturas a condizer com as necessidades da agricultura e viticultura de então, encontra um itinerário turístico com características culturais e gastronómicas centradas na produção de vinhos de qualidade.

 

Rota de Alenquer

Propriedades seculares que permitem viajar no tempo, algumas delas desde meados do século XVI, afirmam-se como espaços históricos, com as suas tradições e os seus fabulosos vinhedos, com produção de vinhos de referência a nível nacional e internacional, verdadeiros tesouros para descobrir.

 

Rota de Aldeia Galega

Situadas no Alto Concelho de Alenquer, dezenas de quintas seculares proporcionam uma experiência vínica de excelência, aliada aos seus contextos e património histórico, com referências desde o séc. XVI, ao estilo do território francês de Bordéus.

 

Feiras e Eventos

 

Alma do Vinho Alenquer, Terra da Vinha e do Vinho

Festival das Sopas, Merendas e Vinhos

Alenquer, Terra de Damião de Góis

Alenquer, Terra do Espírito Santo

Quinzena Gastronómica da Codorniz

Alenquer, Presépio de Portugal

Pintar e Cantar dos Reis

 

In: Territórios Vinhateiros, Olivícolas e Corticeiros de Portugal, edição da AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

Publicação no Jornal dos Sabores numa parceria com a AMPV

 

Imagem: CM Alenquer