//Alandroal e o Vinho
alandroal

Alandroal e o Vinho

Em pleno Alentejo central e longe do bulício da grande cidade, esta terra raiana onde a beleza paisagística dos campos, do Alqueva e do património histórico-cultural a tornam palco de ricas e ancestrais tradições.

 

Concelho

É limitado a norte pelo concelho de Vila Viçosa, a leste por Espanha, a sul por Mourão e por Reguengos de Monsaraz e a oeste pelo município do Redondo.

 

Região

Localiza-se no distrito de Évora. Faz fronteira com Espanha, através do Alqueva, e abrange uma área de aproximadamente 545 km2.

No que se refere ao património histórico e monumental destaca-se o castelo de Alandroal, o castelo de Terena ou a Fortaleza de Juromenha.

O santuário de Nossa Senhora da Assunção da Boa Nova tem um grande significado patriótico e religioso e os numerosos vestígios megalíticos são também dignos de referência.

Tal como o diversificado património arqueológico, a proximidade ao grande lago de Alqueva e a zona envolvente da barragem do Lúcefecit, assim como o montado de azinho, fazem com que os ambientes naturais se tornem de grande encanto.

 

Vinho

Longe vão os tempos em que na adega de D. Diniz não podia faltar vinho do Alandroal, mas as memórias desses e de outros tempos estão espalhadas por todo o território com um riquíssimo património do qual se destacam três castelos: Alandroal, Terena e Juromenha.

Os solos chistosos e as castas autóctones potenciam a produção de vinhos brancos e tintos de elevada qualidade, onde predominam castas como Antão Vaz, Arinto, Roupeiro, Verdelho, Perrum, Touriga Nacional, Syrah, Trincadeira, Aragonez, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon, Moreto e Rabo de Ovelha.

 

Gastronomia

O peixe do rio é o anfitrião –‘peixe frito’ e ‘caldeta de barbo’, mas também a carpa, o lúcio-perca ou o sável.

 

Oferta Enoturística

 

À descoberta do património

Vários percursos pedestres dão a conhecer a cultura local, o património e a paisagem do concelho: A rota do giro; Pedra alçada; À conquista de Terena; Nas margens de Alqueva; Juromenha sentinela do Guadiana ou os Segredos de Ferreira levam-no a conhecer todo o território.

 

Vila de Juromenha

É uma das mais antigas de Portugal, desempenhou um importante papel na defesa do território nacional. A sua Fortaleza com o rio Guadiana lá em baixo e terras de Olivença a perder de vista é um dos pontos de passagem obrigatória.

 

Vila de Alandroal

Destaca-se o Castelo com porta flanqueada por torres e um arco em ferradura de mármore da região, assim como a torre de menagem e a alva torrela do relógio e mantém ainda, da sua traça original, a Rua do Castelo.

 

Vila de Terena

O seu castelo, formado por recinto amuralhado com cubelos e torre de menagem e a sua entrada protegida com a barbacã, de desenho arruda, foi palco de batalhas durante a guerra da restauração. Destaca-se ainda o Santuário de N. Sr.ª da Assunção da Boa Nova.

 

Feiras e Eventos

 

Mostra Gastronómica do Peixe do Rio

Promove a gastronomia local e todo o imaginário de cultura e tradições ligadas ao rio Guadiana, com forte expressão no concelho transformou-se, é hoje evento reconhecido regionalmente pela qualidade que oferece.

 

Festival Fora da Casca

Evento de verão onde os visitantes possam “degustar o que é local”, promovendo a gastronomia local, através do caracol, caracoleta e lagostim do rio.

 

Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Nova (Terena)

Festa anual realizada sempre no fim-de-semana a seguir à Páscoa, na Segunda-feira da Pascoela (Feriado Municipal), é uma das mais populares festas religiosas do Alentejo, é romaria com largos anos de existência.

 

Festas em Honra de Nossa Senhora da Conceição (Alandroal)

De carácter tradicional, trata-se da festa com maior impacto no concelho e acontece no primeiro fim-de-semana de setembro.

 

In: Territórios Vinhateiros, Olivícolas e Corticeiros de Portugal, edição da AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

Publicação no Jornal dos Sabores numa parceria com a AMPV

 

Imagem:

Pontual Wines