//Em 2021 «mergulhe» no vinho

Em 2021 «mergulhe» no vinho

Coloque na agenda ‘pós-covid’, uma experiência de ‘tomar’ banho em vinho.

Há que começar a pensar em recuperar das privações a que a pandemia nos forçou. Por exemplo, em Espanha, um spa oferece a possibilidade de um banho de imersão em vinho tinto da região de Ribera del Duero.
Chama-se «Aire», localiza-se em Barcelona, e é um spa que apresenta no seu site o «Baño de Vino» como final de uma série de tratamentos nas águas termais, realizadas em salas com diferentes temperaturas e que inclui também um banho de sal.

Com um dos mais famosos vinhos de Espanha, os clientes deste spa podem beneficiar das propriedades antioxidantes das uvas, num banho de relaxamento físico e mental. Mas para além da sensação de bem-estar geral, está cientificamente provado que os polifenóis têm uma elevada capacidade antioxidante, superior mesmo à oferecida pelas vitaminas C e E que ajudam a neutralizar os radicais livres, a principal causa de envelhecimento prematuro da pele.

 

 

Tal como acontece quando relaxamos num banho de espuma, também aqui se pode saborear um copo de vinho oferecido pela casa e ainda temos direito, em simultâneo, a uma massagem capilar.
No site, a empresa acrescenta que criou “uma sala dedicada exclusivamente a esta experiência, revestida a mármore branco, com um poço veneziano de finais do século XVII ideal um banho a dois. A decoração é complementada por dois painéis verticais que, juntos, armazenam cerca de 1.500 garrafas de vinho, com uma iluminação romântica e relaxante convenientemente quente, alcançada com dezenas de velas”.

Para as senhoras, tratamento de pele é algo irrecusável, mas para os homens, não há que perder a oportunidade de ficarem mais novos. Ou melhor, cada um ficará «novinho» pelo menos, durante cerca de uma hora.

Talvez seja ainda cedo para reservar, mas se quiser começar a ‘preparar-se’, pode consultar o site:
https://beaire.com/es/aire-ancient-baths-barcelona/experiencias/297/the-wine-bath-experience

NOTA – Em Portugal existe já alguma oferta na área da vinoterapia, tirando proveito dos polifenóis, que têm ação antioxidante, mas não encontrámos oferta relacionada com os ‘banhos em vinho’.

Fotos: AIRE