Vinho «estagia» em alto mar

Três mil garrafas de vinho partiram rumo aos grandes bancos da Terra Nova, no Canadá, para estagiar durante três meses a bordo do navio bacalhoeiro Coimbra.

5.1Em honra do deus dos mares chama-se «Poseidon» e é produzido pela Lua Cheia em Vinhas Velhas, um projeto dos enólogos João Silva e Sousa e Francisco Baptista e do empresário ilhavense ligado aos abastecimentos da marinha mercante, Manuel Dias.
Foi certamente esta «ligação» do empresário que levou ao desafio lançado pelo Clube de Oficiais da Marinha Mercante (COMM) para que a empresa do Douro recuperasse a tradição do ‘vinho da volta’.

Em meados deste mês de janeiro, três mil garrafas partiram do porto de Aveiro a bordo de um navio bacalhoeiro, para estagiar em alto mar, com o objetivo de lhes “afinar o sabor”, como referiu um dos enólogos.

Em dezembro de 2016 «regressaram» as primeiras 3 mil garrafas, numeradas e com uma história para contar. O vinho Poseidon, viajou a bordo deste mesmo navio bacalhoeiro em campanha, e regressou para se dar a provar. É um tinto DOC Douro de 2014 proveniente de vinhas velhas e que estagiou 12 meses em barricas de carvalho francês antes de ser engarrafado e colocado no porão do “Coimbra”. O estágio em garrafa no porão do navio, com o constante balanço do mar, “provocou um envelhecimento precoce do vinho, dotando-o de características únicas”, refere a empresa.

Cada garrafa, acompanhada de um certificado do Clube de Oficiais da Marinha Mercante custa 25 euros e já está no mar uma nova edição do Poseidon.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *