Turistas querem “melhor” qualidade nos restaurantes açorianos

“Melhorar a qualidade da comida nos restaurantes” é a sugestão dos turistas inquiridos.

Entre as várias conclusões do inquérito realizado pelo Observatório de Turismo dos Açores a 1.088 turistas, 51,58% dos quais estrangeiros, o destino Açores apresenta níveis mais baixos de satisfação em relação aos transportes e mobilidade; à informação e sinalização turística; e à restauração.

Neste trabalho foi possível perceber (e ter em conta) as sugestões deixadas pelos turistas nas quais surge em primeiro lugar “melhorar a qualidade da comida nos restaurantes”, seguindo-se a “preservação da zona comercial dos centros urbanas” e “alargar os horários das atrações turísticas.”

Os níveis mais baixos de satisfação em termos de atributos do destino Açores são em relação ao conhecimento das línguas estrangeiras, cobertura Wi-fi em espaços públicos e em termos de cuidados com os animais.
Apesar das sugestões que se integram na vertente ‘lacunas e necessidade de melhorar alguns serviços turísticos, os inquiridos mostraram-se, em termos globais, satisfeitos com a oferta do destino Açores.
A valorização da paisagem/natureza, a qualidade ambiental, a limpeza, o fator “novidade” e a segurança constituem os principais atributos do destino, valorizados pelos turistas.

Dos turistas inquiridos, 51,8% eram estrangeiros e destes 23,1% são alemães. A maioria tem entre 25 e 44 anos (42%). Em ‘voos tradicionais’ voaram 60,9% dos inquiridos; enquanto 29,3” optou por voos ‘low cost’ e 9,7% por voos charter.

Entre os inquiridos, nas ilhas de São Miguel, Terceira e Faial, 63,4% considerou o preço do destino Açores “justo”; e 53,7% manifestou a intenção de voltar a visitar a Região nos três anos seguintes. A esmagadora maioria (96%) considera “bastante provável” e “muito provável” recomendar os Açores como destino turístico a visitar.

Fonte: Correio dos Açores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *