Supermercado vende produtos fora do prazo

Trata-se de um projeto iniciado recentemente na Dinamarca contra o desperdício alimentar.

É já considerado um exemplo de como se combate o desperdício alimentar, vendendo carnes, vegetais, alimentos congelados e laticínios, entre outros produtos cujo prazo de validade expirou. Os lucros obtidos neste supermercado
que contou com a Ministra do Ambiente na inauguração, servem para alimentar quem tem fome.

Os clientes desta loja vão encontrar produtos que poderiam estar no lixo porque o prazo de validade já expirou, ou porque foram mal etiquetados ou porque a embalagem continha qualquer tipo de defeito.

Outro atrativo deste estabelecimento são as promoções com descontos que podem mesmo chegar ao 50%, para além de aproveitar comida que ainda está em condições, prestando assim um enorme contributo na luta contra o desperdício alimentar.

Os responsáveis fazem questão de sublinhar que não se trata de um «supermercado social» cujo objetivo é ajudar as pessoas com dificuldades financeiras, pois como referiu Per Bjerre, diretor da associação solidária Folkekirkens Nødhjælp (que gere o supermercado) “temos clientes das várias camadas da sociedade e em comum eles têm o desejo de comprar produtos a preços substancialmente menores e combater o desperdício alimentar”.

Tendo em conta que o trabalho no supermercado é feito pelos voluntários, quase todo o dinheiro que entra é lucro, mas não fica para a associação: a Folkekirkens Nødhjælp usa-o para financiar atividades de luta contra a fome nos países mais pobres.

Segundo a ONU, pelo menos um terço dos alimentos produzidos no mundo é desperdiçado. “É ridículo deitar comida fora e é prejudicial ao meio ambiente, já que implica o desperdício dos recursos necessários à produção, como água e energia”, lembrou a ministra Eva Kjer Hansen.

O desperdício de produtos, quer alimentares, quer de outra natureza, tem sido um dos maiores problemas das últimas décadas no mundo ocidental. Em Portugal, um milhão de toneladas de alimentos são deitados para o lixo todos os anos. No mundo inteiro, o desperdício ascende a 1,3 mil milhões de toneladas.

Foto: www.disque9.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *