Só temos direito a 6.800 toneladas de sardinha nos próximos 6 meses

Para os Santos Populares e os meses de Verão, os portugueses poderão contar com a sardinha que no entanto, devido aos preços, deverá continuar a ser cada vez menos popular.

De 1 de março a 31 de julho deste ano, os pescadores portugueses podem capturar 6.800 toneladas de sardinha, de um limite total de capturas de 10 mil toneladas para Portugal e Espanha.

O Despacho é de 2 de Março e determina que para embarcações “cujos armadores ou proprietários são membros de organizações de produtores (OP) reconhecidas para a sardinha”, o limite autorizado é de 6.698 toneladas. Já para as embarcações “cujos armadores ou proprietários não são membros de OP reconhecidas para a sardinha”, o limite é de 102 toneladas.

A legislação refere ainda que está vedada a captura, venda, manutenção a bordo e descarga em todos os feriados nacionais.

Recorde-se que em outubro do ano passado Portugal esgotou a quota nacional de pouco mais de 11.500 toneladas, ficando desde então suspensa a pesca desta espécie.

Apesar de tudo, no ano passado, os pescadores do cerco reconheceram não ter muitos motivos de queixa pois a sardinha teve um valor de mercado melhor, apareceu na costa portuguesa bastante biqueirão e a pescaria acabou por se prolongar até mais tarde.

Para o ano em curso, com apenas 6.800 toneladas, as previsões de preço não são nada favoráveis aos consumidores.

Em Portugal, há 130 barcos do cerco que dão emprego a cerca de dois mil pescadores, muitos dos quais da zona da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *