//Restaurante ‘partilhou’ faturação

Restaurante ‘partilhou’ faturação

Da faturação entre 25 de abril e 25 de maio, o Chefe Tanka Sapkota doou 4326,57€.

Apesar de se tratar de um período em que os restaurantes praticamente se limitaram a sobreviver, um Chefe e empresário nepalês decidiu assumir o compromisso de entregar, a famílias do seu país e ao Banco Alimentar, 10% da receita das entregas dos seus restaurantes.

O chefeTanka Sapkota, proprietário de quatro restaurantes em Lisboa – o Come Prima, o Forno d’ Oro, o Il Mercato e a Casa Nepalesa – conseguiu arrecadar 4326,57€ de um mês de faturação das suas entregas, entre os dias 25 de abril e 25 de maio. Este valor foi dividido ao meio e entregue em produto à Rede de Emergência Alimentar, do Banco Alimentar contra a Fome, e às famílias da comunidade nepalesa em Portugal que se encontram a passar dificuldades neste período da pandemia.

“A minha equipa e eu estamos felizes e muito orgulhosos pelo contributo que conseguimos dar nesta época de grande dificuldade social, e estamos já a pensar no próximo projeto de ação social, que será memorável, já em junho próximo”, adianta o chefe Tanka Sapkota.

“Fiquem atentos porque vai valer a pena acompanhar”, promete.