Previsão de colheita de qualidade na região dos Vinhos Verdes

A Região dos Vinhos Verdes prevê uma excelente colheita na vindima de 2016, cujo arranque deverá acontecer nas últimas semanas de Setembro, decorrendo até ao final de Outubro.

Em consulta desenvolvida pelo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) a todas as Regiões, a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) apresenta uma previsão quantitativa com uma diminuição entre 7 a 10% nas uvas tintas e entre 12 a 15% nas uvas brancas, apesar das expectativas de acréscimo de qualidade em relação aos anos anteriores.

“Dada a existência, na Região dos Vinhos Verdes, de uma área significativa de vinha nova na meia encosta – e, como tal, mais susceptível a uma situação de carência hídrica, perante as actuais condições de temperatura elevada e de baixos teores de humidade atmosférica -, poderá, nesta colheita, verificar-se uma diminuição no rendimento do mosto, o que, na verdade, pode revelar-se muito positivo quanto à qualidade da uva”, refere o enólogo António Cerdeira.

Temperaturas amenas e fraca precipitação durante o Inverno, associadas a uma Primavera chuvosa e com temperaturas inferiores à média dos últimos anos poderão reduzir a quantidade de uva, dependendo da casta, da data da poda e do microclima local.

Para Manuel Pinheiro, Presidente da CVRVV, “Independentemente do rendimento do mosto que possa ser obtido na vindima, pois tudo dependerá das condições climáticas dos meses de agosto e setembro, estimamos uma redução da produção global na ordem dos 10% mas estamos expectantes quanto à excelente qualidade da colheita deste ano, que deverá ser superior aos outros anos”.

Recorde-se que a Região dos Vinhos Verdes produziu, na anterior vindima, cerca de 87 milhões de litros, ocupando o segundo lugar no consumo interno e liderando as exportações para 107 países.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *