PAN quer cantinas portuguesas com opção vegetariana

O PAN – Pessoas – Animais – Natureza agendou para 16 de junho a discussão da inclusão de uma opção vegetariana nas cantinas públicas.

De acordo com o partido, esta pretensão tem como objetivos não apenas uma função pedagógica, fazendo com que mais pessoas tenham contacto com este tipo de dieta e com as suas vantagens relacionadas com motivos ambientais e de saúde, mas também para impedir a discriminação das pessoas que já seguem esta dieta mas que dificilmente conseguem fazer uma refeição fora das suas casas.

Esta questão torna-se especialmente relevante quando se tratam de crianças e jovens, os quais são também cada vez mais a seguir este tipo de alimentação e sentem-se muitas vezes discriminados nas escolas, pelos colegas, professores, auxiliares, por comerem comida diferente, necessariamente trazida de casa.

1 “Com a introdução desta opção nas escolas, essa discriminação deixa de existir e as restantes pessoas passam a encarar este tipo de alimentação com normalidade. É importante que sejam asseguradas as condições para que todos possam seguir as suas dietas sem qualquer tipo de discriminação mas também é de extrema importância informar e sensibilizar as pessoas para o impacto que a sua alimentação tem na natureza mas também na sua própria saúde”, defende o partido.

Recorde-se que em março deste ano deu entrada na Assembleia da Republica uma petição pela inclusão de opções vegetarianas nas escolas, universidades e hospitais portugueses. 12 mil – das cerca de 15 mil – assinaturas recolhidas foram validadas e entregues.

Exemplo de Monchique

A Câmara Municipal de Monchique introduziu uma ementa vegetariana nas escolas, para promover hábitos alimentares saudáveis duas vezes por mês e até fomentar a aproximação entre culturas, num concelho com cerca de 20% de população estrangeira.

O projeto do município algarvio, iniciado no princípio deste ano, abrange todas as escolas do ensino pré-escolar e do ensino básico do município, na serra algarvia, e visa sensibilizar as crianças para as qualidades e vantagens de uma alimentação diferente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *