//Os quatro dias do ‘pecado’

Os quatro dias do ‘pecado’

De 14 a 17 de outubro, em Alcobaça, cornucópias, barrigas de freira, papos de anjo, toucinho-do-céu e muito mais.

Há quem diga que é ‘pecar’, mas tendo em conta que se trata de doçaria conventual, o local de criação certamente que atenua o castigo dos que não resistem à tentação. E quem pode resistir às propostas da XXI edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais que vai decorrer no Mosteiro de Alcobaça, classificado Património da Humanidade pela UNESCO desde 1989?

Para esta edição a organização anunciou já um aumento no número de expositores/venda não só de Alcobaça mas, também, de outros mosteiros, conventos e pastelarias, nacionais e internacionais.

Com este evento, promovido pela Câmara Municipal de Alcobaça há mais de duas décadas, pretende-se “homenagear a doçaria conventual assente na herança e na identidade dos Monges e das Monjas de Cister, senhores dos antigos Coutos de Alcobaça que, em cerca de oito séculos de permanência na região, deixaram como legado a dedicação à terra, à arte e, também, à requintada doçaria conventual”, como refere nota da autarquia.

Na edição de 2019 os licores continuam a marcar presença, desta vez com a novidade ‘Botica dos Monges’, um espaço exclusivo para a degustação de licores, instalado numa tenda na Praça Dom Afonso Henriques.

Concursos

Também como habitualmente, na abertura do primeiro dia (14) serão revelados os resultados do ‘Concurso Melhor Doce e Melhor Licor 2019’, que decorrerá durante a tarde desse dia, com avaliação por parte do coletivo de júri:
Doces Conventuais: Amílcar Malhó – Jornalista de profissão que desde 2001 dedica o seu trabalho à Gastronomia e Vinhos; Chefe Justa Nobre – Responsável pelo restaurante “O Nobre”; Chefe Odete Silva – Responsável pela cozinha do restaurante “Super Chef” no Saldanha, em Lisboa, trabalhou durantes vários anos com o Chefe Silva (António Silva). Colabora amiúde em vários concursos de gastronomia; Chefe Ricardo Raimundo – Com formação em cozinha e pastelaria e Licenciado em Produção Alimentar em Restauração na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril.
Licores: José Redondo – administrador e sócio-gerente da empresa J. Carranca Redondo, Lda, produtora do Licor Beirão; Sérgio Pires de Oliveira – representante da Associação de Municípios Portugueses do Vinho. Eng.º Técnico Agrário pela Escola de Regentes Agrícolas de Santarém; José António Gomes Pereira –Licenciado em engenharia agronómica pelo ISA (Universidade Técnica de Lisboa).

Propostas para ‘os outros sentidos’

Mas se nas referidas, o olfato e o paladar vão ser os mais ‘exercitados’, outras propostas vão apelar à visão e à audição.

‘Sons do Silêncio’

Concertos Exclusivos na Igreja do Mosteiro
O Município de Alcobaça promove um ciclo de concertos de Coros na Igreja do Mosteiro, a maior igreja monástica cisterciense e uma das maiores da Europa, trazendo um reportório de música sacra e espiritual à majestosa Nave Central do Mosteiro de Alcobaça que será palco de vários concertos únicos, dos quais se destaca, em estreia absoluta em Portugal, o coro inglês “The Choir of Saint Paul’s Cathedral” – de Londres.

‘Ora et Labora’
Espetáculo de vídeo mapping interativo
Já dentro do espaço da Mostra, no claustro D. Dinis, poder-se-á assistir a um espetáculo de video mapping interativo que celebra a herança conventual do Mosteiro de Alcobaça: “Ora et Labora” pela GEMA digital.

Saiba mais em:
https://doceselicores.cm-alcobaca.pt/pt/Default.aspx