Mouchão Tonel Nº 3-4 2011 com pontuação recorde

O vinho clássico da Herdade do Mouchão recebeu 97 pontos na Robert Parker/The Wine Advocate. Esta é a primeira vez que um vinho de mesa alentejano atinge esta pontuação.

O vinho Mouchão Tonel Nº 3-4, o expoente máximo dos tintos da Herdade do Mouchão, foi distinguido pela influente revista norte americana The Wine Advocate, fundada por Robert Parker, com 97 pontos. Esta é a segunda vez que Mark Squires, crítico oficial da publicação, atribui esta pontuação a um vinho português não fortificado, a primeira entre os vinhos Alentejanos.
Este não foi o primeiro encontro entre Mark Squires e o Mouchão Tonel Nº 3-4 2011, o sétimo da linhagem desde que começou a ser produzido, em 1996. Contudo, garante o crítico, nunca o tinha provado em tão boa forma, ainda que prometa uma grande evolução com o tempo. Segundo Mark Squires, a última colheita deste vinho “tem-me impressionado ultimamente confirmando que os seus antecessores têm motivos para estar orgulhosos”.

O Mouchão Tonel Nº 3-4 é produzido exclusivamente à base de Alicante Bouschet, casta com extraordinários resultados no Alentejo. As uvas, criteriosamente selecionadas, são provenientes da vinha dos Carapetos, a mais emblemática da propriedade com vinhas que têm em média 30 anos, plantada pela família Reynolds, pioneira da casta Alicante Bouschet em Portugal.

Após a fermentação em lagares e comprovada a sua excecional qualidade, o vinho é trasfegado para os tonéis nº 3 e nº 4, onde estagia cerca de 30 meses. Depois de contínua reavaliação e finalmente confirmada a sua qualidade, o vinho é engarrafado e repousa durante um mínimo de 24 meses em ambiente climatizado.

Se este vinho pudesse falar, pediria tempo para mostrar todo o seu potencial. De acordo com Mark Squires, este é, sem dúvida, “um vinho para guardar na adega, já que vai envelhecer de forma sublime”. Para quem conseguir resistir à tentação de abrir já a garrafa, o crítico recomenda que seja consumido algures entre 2019 e 2051.

Apesar de longa vida na adega, o Mouchão Tonel Nº 3-4 antecipa uma curta estadia na prateleira, já que a sua produção está limitada às 8.500 garrafas, todas já alocadas no mercado.

Herdade do Mouchão Tonel 3-4 2011
P.V.P.: 130€ (75 cl)

Sobre a Herdade do Mouchão

A história da Herdade do Mouchão remonta ao início do século XIX, altura em que a familia migrou para o Alto Alentejo para desenvolver o negócio da cortiça. Três gerações depois, John Reynolds e Isabel Bastos Reynolds adquiriram uma propriedade de 890 hectares, denominada Herdade do Mouchão. Aqui, à actividade corticeira a família acabou por adicionar a produção de vinhos, trazendo para o Alentejo as primeiras plantas da famosa casta Alicante Bouschet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *