Moscatel de Setúbal e Bananas é «tradição de Natal»

É em Braga que, desde a década de 70 do século passado, a «tradição» manda que se beba Moscatel de Setúbal, acompanhado por bananas.

A explicação para esta «harmonização» tem mais de três décadas na ‘Casa das Bananas’, também conhecida como ‘O Bananeiro’ onde, atualmente, na tarde da véspera de Natal, se regista a presença de milhares de pessoas.

1-1Tudo começou quando Manuel Rio, o proprietário da loja ‘Casa das Bananas’ na rua do Souto, na cidade de Braga decidiu, para atrair mais clientes ao seu estabelecimento, montar um balcão para vender Moscatel de Setúbal a copo. Mas como alguns clientes reclamavam por não existir algo para «forrar» o estômago, o empresário apresentava, naturalmente, uma banana, o principal produto da casa.

Antigos colegas de liceu do filho, Jorge Rio, decidiram começar a juntar-se na Casa das Bananas em convívio, a pretexto do Natal, brindando com um cálice de moscatel… acompanhado de uma banana.

Mas o convívio de um pequeno grupo de jovens amigos começou a ser imitado por outros grupos de cliente passando, de ano para ano, a ser um ponto de encontro de bracarenses. Hoje, sabe-se de amigos que só ali se encontram, uma vez por ano, num costume que transmitido entre pessoas da comunidade acbaou por se transformar numa tradição natalícia.

1-2Como publicava o JN em Dezembro de 2010:

…a Rua do Souto e Largo do Paço são pequenos para os milhares de “foliões” que, de copito de moscatel numa mão e banana na outra, vão-se juntando durante a tarde nas imediações. Seja de gorro de Pai Natal ou de concertina e viola braguesa, as gentes apressam o encerramento do trabalho para pré-aquecer a noite de Natal no Bananeiro. “Hoje em dia já noto que há pessoas que vêm de outros lados, como do Minho até aqui, inclusive, até há excursões”, revelou Jorge Rio, o tal que recebia ali os amigos de liceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *