//‘Memórias de Sabores’ em Estarreja

‘Memórias de Sabores’ em Estarreja

Exposição recorda (ou revela) que ‘Pensal’ é um pequeno lugar que deu nome ao famoso produto da Nestlé.

Até 31 de janeiro pode ser visitada, nos Paços do Concelho de Estarreja, uma exposição com rótulos e outras referências relacionadas com produtos alimentares que integram a história deste município. Destacam-se, sobretudo para quem vive afastado desta região, as embalagens da Nestlé com a marca ‘Pensal’, porque revelam que a marca adotou o nome do lugar em Avanca, onde a fábrica se instalou.

Como refere o site da Câmara Municipal, nesta exposição podem encontrar-se “Rótulos, folhetos, notícias de jornal, cartões de visita, calendários de bolso, enfim tudo o que são papéis esquecidos e aparentemente sem valor, mas que podem mostrar uma boa parte do que a gastronomia local tem para oferecer e ajudar a contar a sua história.”
Nesta apresentação da iniciativa o próprio curador da exposição, Marco Pereira, destaca as “embalagens da Nestlé com a marca Pensal (nome do lugar em Avanca onde a fábrica se instalou) e rótulos de queijo e manteiga da Laclé, fábrica de lacticínios também de Avanca e já extinta”. Mas há muito mais para (re)descobrir como “a garrafa do pirolito (a gasosa que os mais velhos conheceram) e uma garrafa rotulada mais recente (décadas de 1940-1950) da laranjada ‘Santa Luzia’, de Veiros.”

Outro produto recordado é o café ‘Pinho’, com a “embalagem de plástico em que este café era comercializado até ao fim dos anos 70, entretanto substituída pela marca ‘Flor de Beduído’.

A exposição integra o programa do 1.º Capítulo da Confraria Gastronómica de Santo Amaro, de Estarreja, que está a completar o seu primeiro ano de atividade.

Homenagem ao lugar de Pensal

Antes de dar nome a um produto da Nestlé, Pensal era pouco conhecido, não passando de um pequeno lugar da vila de Avanca onde apenas existiam pinhais.

Em 2016 a Nestlé Portugal celebrou 93 anos com uma homenagem ao local do seu nascimento: o Lugar de Pensal.

A propósito deste evento, a Nestlé referia: “O Lugar de Pensal localiza-se na terra natal do Professor Egas Moniz (Prémio Nobel da Medicina em 1949), o grande mentor da entrada da Nestlé em Portugal – por via da constituição da Sociedade de Produtos Lácteos. Profundo conhecedor do trabalho que Henri Nestlé havia desenvolvido no século XIX em prol do combate aos elevados níveis de mortalidade infantil, Egas Moniz replicou em Portugal a necessidade de desenvolver uma nutrição com maior qualidade e adaptada às reais necessidades nutricionais da população portuguesa, atuando, com grande sucesso, no incremento da produção de leite, o que lhe granjeou, dez anos mais tarde (1933), o exclusivo de fabricação e venda de produtos Nestlé.