Lagoa vai ser «Cidade do Vinho 2016»

fsmNNtA Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) atribuiu ao município algarvio de Lagoa o título de «Cidade do Vinho de 2016».

Depois de Palmela em 2009, Beja em 2010, Viana do Castelo em 2011, Vidigueira em 2013 e Barcelos em 2014, o ano de 2016 terá Lagoa como «Cidade do Vinho». Recorde-se que em 2012 Palmela obteve o galardão de «Cidade Europeia do Vinho», situação que se repetiu em 2015 com a escolha, por parte da RECEVIN, da candidatura de Reguengos de Monsaraz.

A candidatura de Lagoa, que se apresentou com o apoio e a parceria de uma centena de entidades de toda a região algarvia, entre outros argumentos, mereceu a escolha do Conselho Diretivo e a Assembleia Intermunicipal da AMPV, que se reuniram no passado dia 24 de novembro no Museu do Vinho, no Cartaxo.

O concelho algarvio apresentou-se a concurso com outros quatro municípios associados da AMPV onde o vinho tem forte presença económica. Do Norte do País apresentou-se Santa Marta de Penaguião, e Ponte de Lima, ao centro a vila de Ourém e a sul, para além do município vencedor, assinala-se a candidatura do vizinho concelho de Silves.

Para a autarquia lagoense “esta eleição representa o reconhecimento do esforço, dedicação e trabalho realizado por uma equipa multidisciplinar da autarquia ao longo de 2015”, definido como o “Ano do Vinho e da Vinha – Lagoa, Sabor da Cultura”.

A vizinha Câmara de Silves, em reação à escolha da AMVP, congratulou o município de Lagoa pela atribuição do título e manifestou “o desejo de apoiar e colaborar nas iniciativas que vierem a ser desenvolvidas”.

A autarquia da «Cidade do Vinho 2016» anunciou que o programa de atividades terá início no dia 6 de Janeiro, com
a celebração do Dia de Reis no Centro de Congressos do Arade, no Parchal, “com um programa a anunciar em breve”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *