Jorge Moreira eleito ‘Enólogo do Ano’

Revista WINE distinguiu Jorge Moreira como ‘Enólogo do Ano’

Actualmente, Jorge Moreira tem o seu projecto pessoal de vinhos – Poeira –, é director de enologia da Real Companhia Velha, enólogo da Quinta de la Rosa e dos vinhos Passagem / Quinta das Bandeiras (joint venture entre la Rosa e Poeira). Para além do Douro, é um dos homens da M.O.B., no Dão. Cursou enologia sem saber muito bem ao que ia, seguiu-se uma experiência como vendedor de lareiras, mas foi na Real Companhia Velha que pôs as mãos à vinha pela primeira vez. Os resultados ditaram que de estagiário passasse a enólogo responsável pela Quinta de Cidró. “Ainda hoje, com orgulho indisfarçável, o presidente da Companhia, Pedro Silva Reis, recorda que foi a empresa que apostou em Jorge Moreira e lhe pagou o primeiro salário ligado ao vinho.”, refere-se nas páginas na WINE.

“Discreto, Jorge Moreira é dos nomes maiores da geração de enólogos que revolucionou o Douro nas últimas duas décadas. Com ele, os Poeira posicionaram-se entre os lançamentos mais aguardados, os vinhos da Real Companhia Velha ganharam um brilho e uma consistência de se aplaudir, e la Rosa posicionou-se entre os bons produtores do Douro. O maior elogio que lhe podemos fazer é precisamente o de elogiar os projectos onde participa. Jorge Moreira faz brilhar os vinhos que elabora, não fazendo a mínima questão de ser ele o centro das atenções. Isso diz muito da sua personalidade, mas espelha sobretudo uma enorme e justificadíssima confiança no trabalho que concretiza.

Em 2016 celebrou 20 anos como enólogo (…). Venham de lá muitos outros, a bem de quem aprecia grandes vinhos. Até porque nele vamos certamente continuar a depositar o crédito que possamos ter em alguém que é rigoroso, criativo, focado e certeiro”, continua a revista.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *