«Iguarias poéticas» servidas com vinhos Ermelinda Freitas

‘Reservado’ é uma colagem de textos poéticos de diversos autores consagrados que ganham vida própria através de uma linguagem que também passa pelos prazeres da comida e do vinho. São colagens de textos de Almada Negreiros, António Gedeão, Ary dos Santos, Cesário Verde, David Mourão Ferreira, D. Dinis, Eugénio de Andrade, Florbela Espanca, Fernando Pessoa, José Régio, José Paulo Sodré, Luís Vaz de Camões, Mário Cesariny, Mendes de Carvalho, Natália Correia, Natércia Freire e Paula 4Cês.

Os actores Helena Laureano, João Ferrador e Leonor Alcácer prometem bons momentos num ambiente sedutor, carregado de simbolismo. «O espectáculo assenta em registos bastante diversos mais ou menos ligeiros e humorísticos, que visam criar uma harmonia entre os textos escolhidos gerando uma sensação de bem estar nos intérpretes e no público» afirma a actriz Leonor Alcácer, também responsável pela produção.

O espectáculo irá decorrer, de quarta a domingo, até dia 2 de Julho, no Museu da Água da EPAL, Estação Elevatória a Vapor dos Barbadinhos (Rua do Alviela, 12, em Lisboa).

O vinho, que em cena tem um dos papéis principais, vem da Casa Ermelinda Freitas na região da Península de Setúbal.

Sinopse

Num local propositadamente ‘Reservado’ para o efeito irá ter lugar um peculiar encontro entre quatro pessoas que estabeleceram a poesia como única forma possível de comunicação. Tal facto determina por si só que o vulgar ceda lugar ao extraordinário. Há que tornar este encontro memorável conferindo-lhe certas qualidades, revestindo-o de simbolismo para que ganhe significado.

O dia finda, e é ainda o bulício e a agitação da vida quotidiana que todos trazem vestidos como uma segunda pele mas, brandamente, com o aproximar da noite, um outro ritmo mais convidativo e envolvente vai-se instalando e alterando de forma subtil a atmosfera. A mesa vai sendo aprontada, delicadas iguarias poéticas vão sendo servidas, o vinho vai correndo num ambiente de jovialidade e de boa disposição e mesmo os pequenos contratempos, como o quadro eléctrico que vai abaixo, se convertem em motivo de diversão.

Mas nem sempre o caminho é recto, e o que planeamos se cumpre. O telefonema do último conviva comunicando que não poderá comparecer, causa consternação e o desânimo instala-se parecendo condenar este encontro ao insucesso. E, no instante em que a dúvida se abate sobre eles, nesse instante, em que o tempo parece suspenso, torna-se claro prosseguir reinventando outros sentidos e propósitos, num salto de fé do qual saem mais unidos, enriquecidos, clarificados. Tudo, enfim fica pronto, é a hora de iniciar este ritual e por último partilhar com o público este processo alquímico de caracter celebrativo e Reservado…
Leonor Alcácer

Ficha Técnica
Título: Reservado
Duração: 1 hora
Encenação: Cecília Sousa e Leonor Alcácer
Actores: Helena Laureano; João Ferrador e Leonor Alcácer
Música: Madalena Manzoni Palmeirim
Movimento: José Arantes
Design: Carlota Pedroso
Produção: Leonoralcacerproduções
Contactos: difusãoleonoralcacer@gmail.com

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *