Há muito melão casca de carvalho

A produção de melão casca de carvalho deste ano no Vale do Sousa é superior à habitual, o que pode dificultar o escoamento do produto em tempo útil.

O alerta foi lançado há dias em Penafiel por José Rocha, da Direcção Regional de Agricultura do Norte que explicou à Lusa que os melões este ano foram plantados mais tarde devido às especificidades do clima e que, por isso, há nesta altura uma quantidade daquele fruto superior ao habitual.

Falando a propósito do concurso do melão casca de carvalho que se realizou naquela cidade, José Rocha explicou que aquele fruto, ao contrário do melão comum, tem de ser colhido maduro e fresco.

O melão casca de carvalho do Vale do Sousa, acrescentou, “só se aguenta em boas condições durante cinco dias, o que dificulta o seu escoamento em tempo útil”. Acresce que apenas 20% dos melões colhidos reúnem boas condições para ser consumidos, segundo avança o site da Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Portugal, que cita a Lusa.

Feira de melão casca de carvalho

4-1No passado fim de semana realizou-se, pela primeira vez, uma feira de melão casca de carvalho, em Penafiel, onde os visitantes tiveram oportunidade de comprar, à fatia ou inteiros, exemplares de boa qualidade de toda a região do Vale do Sousa.

O técnico explicou à Lusa que aquele tipo de melão, que se produz exclusivamente nas zonas do Vale do Sousa, Barcelos, Famalicão e Vila Verde, reúne características únicas, nomeadamente o facto de ser menos doce, ter gás, ser apimentado e com mais fibra. “É um melão que está adequado à gastronomia da região de Entre Douro e Minho, acompanhado de vinho verde e petiscos”, afirmou.

O melão casca de carvalho do Vale do Sousa

São as particularidades do local de produção que faz deste melão um produto distinto de todos os outros existentes no mercado. O melão casca de carvalho adapta-se muito bem às condições climáticas e pedológicas do Vale do Sousa. De carácter sazonal e local, este fruto de rendilhado intenso, sabor picante e sumarento é, desde sempre, procurado em eventos, feiras e romarias da região.

O Melão Casca de Carvalho do Vale do Sousa apresenta uma casca de cor cinzenta com manchas verdes escuras e de textura reticulada fina a média (densidade média a baixa). A polpa, de cor salmão, com ou sem fibras, tem sabor apimentado e pouco doce mas equilibrado – apresentando teores em açúcar entre os 9 e 10 % grau Brix. É bastante suculento e aromático.

Para além de todos os aspectos morfológicos referi-dos, este ecótipo de melão apresenta forma oblonga curta a oblonga normal e um peso entre 4 a 5 Kg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *