Filipa Vacondeus morreu há 2 anos

Maria Filipa Carneiro de Mendonça Corte-Real Vacondeus, nasceu a12 de maio de 1933 na Lapa, em Lisboa, e faleceu a 6 de janeiro de 2015, aos 81 anos.

Começou profissionalmente como hospedeira da TAP e foi também proprietária do ‘’Cota de Armas, um restaurante de luxo em Alfama. Ao aceitar um convite de Maria Elisa, então diretora de programas da RTP, tornou-se conhecida como figura da televisão e até lhe chamavam a «senhora dos restinhos» por insistir nas receitas de baixo custo e na necessidade de evitar desperdiçar o que sobra das refeições.

Sem que ela própria o conseguisse prever, o sucesso disparou quando Herman José se inspirou nela para criar a cozinheira que usava “imensa paprika” no programa «O Tal Canal». Ingrediente que, curiosamente, Filipa sempre afirmou que não usava.

10-1Chegava a todo o país e aos nossos emigrantes através da RTP. Mas terminou a «carreira televisiva» no canal 24 Kitchen onde, a partir de maio de 2014 apresentou o programa “À Boleia de Filipa”, ao lado de Filipa Gomes. Neste programa a veterana e a jovem fizeram uma viagem gastronómica por Lisboa e arredores num food truck e interagiram com o público, convidando-o a provar os petiscos tradicionais portugueses preparados durante o programa

Marcava presença em palestras, integrava o júri de concursos de gastronomia e deixou muitos livros de culinária, ao primeiro dos quais, lançado em 1994 com o título Cozinhar é Fácil, se seguiram outros como: Receitas Low-Cost; Os Truques da Filipa; As grandes receitas das famílias; O Trivial e Viver mais e melhor. O último livro que Filipa deixou foi Os Petiscos de Filipa, lançado em 2013.

Tinha sempre um sorriso para oferecer e adorava sentir as pessoas, à sua volta, felizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *